Capacitação em Atendimento Pré-Hospitalar é realizada para policiais penais e Força Nacional

1416

Com o intuito de capacitar policiais penais em procedimentos de primeiros socorros à saúde, em meio a momentos de conflito, o Governo de Rondônia promoveu o curso de “Atendimento Pré-Hospitalar (APH) em combate”, para 23 policiais penais do estaduais, federais e Força Nacional de Segurança Pública, entre os dias 11 a 12 de abril, em Porto Velho. A capacitação dos profissionais que lidam diariamente com o Sistema Penitenciário, tem por objetivo reduzir os danos físicos durante possíveis combates.

De inciativa da Secretaria de Estado da Justiça (Sejus), o curso foi organizado pela Escola Estadual de Serviços Penais (Esep) e ministrado pelos Policiais Penais, Caio Custódio e Dhonata Brissow, que instruíram os participantes nas modalidades teórica e prática, tendo como cronograma educacional os temas: Triagem Tático; Atendimento Sob Pressão; Autoproteção; Uso Limitado de Recurso; Estabilizar Feridos; Minimizar Danos; dentre outros.

Para governador de Rondônia, Marcos Rocha, os investimentos aplicados em atualizações educacionais no setor de segurança, possibilita a capacitação dos policiais para suporte em casos de acidentes com vítimas no trânsito, em operações policiais ou em situações que necessite de aparato imediato de primeiros socorros em seu dia a dia longe da unidade prisional.

 

 

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

  • Triagem Tático: identificação da gravidade dos ferimentos e medidas de contenção;
  • Atendimento Sob Pressão: como manter a calma durante a execução dos métodos de contenção durante combate;
  • Autoproteção: elaborada para que o Policial Penal consiga efetuar as medidas pré-hospitalares em si, em momentos que estiverem longe de seus colegas, ou seja, o único com tais habilidades;
  • Uso Limitado de Recurso: economia de itens de contenção e criação de objetos por meio de materiais existentes no local de combate;
  • Estabilizar Feridos: como manter a salvo pessoas com ferimentos graves até que o socorro chegue ao local;
  • Minimizar Danos: orientação de forma prática, sobre aplicação de torniquetes, imobilização de membros, entre outros.