CAPACETE: Associação cobra consciência de ciclistas em estradas e vias vilhenenses

2252

A Associação de Ciclismo Vilhenense veio a público nesta semana, através de sua secretária geral, Adriane Souza, para alertar os ciclistas sobre o uso de capacete quando trafegar pelas ruas, estradas e vicinais.

“Capacete não é acessório, e sim equipamento de segurança”, disse Adriane que vem sempre tenta conscientizar os ciclistas, principalmente os novos adeptos da modalidade, que vem aumentando consideravelmente durante a quarentena por causa do coronavírus.

A secretária geral alerta que capacete e refletores são fundamentais, “Um acidente de bike geralmente é grave, pois o ciclista é muito vulnerável. O ciclista por estar de capacete pode evitar danos maiores a sua saúde, e a saúde pública. É uma questão de conscientização”, explicou.

Segundo Adriane, a Associação de Ciclismo vilhenense (ACV) não autoriza ciclistas sem capacetes em seus eventos e também nos “pedais” diários. “Pedimos que todos os adeptos do ciclismo usem os itens de segurança, principalmente o capacete. Em Vilhena várias lojas vendem os itens de seguranças como Veiga Bike, Tucano Bike, Bike.com, Pedal e Cia, Fucuro Bike, entre outras”, finalizou.

Publicidade


Comentários