Caixa vai abrir 14 agências em RO no sábado para pagamento do Auxílio Emergencial

Confira a lista completa e os endereços das agências que vão abrir em 1º de agosto.

572
Foto: Renato Spagnol

No sábado (1º), agências da Caixa Econômica Federal (CEF) vão abrir em nove cidades de Rondônia para atender as demandas do Auxílio Emergencial e Saque Emergencial do FGTS. Serão 14 agências funcionando das 8h ao meio-dia. Só na capital, serão cinco agências.

Confira a lista completa e os endereços das agências que vão abrir neste sábado:

  1. Ariquemes – Setor 01 (Alameda do Ipê,1907)
  2. Buritis – Setor 02 (Rua Theobroma,1471)
  3. Cacoal – Centro (Avenida Porto Velho, 2301)
  4. Jaru – Setor 2 (Rua Florianópolis, 3020)
  5. Ji-Paraná – Centro (Avenida Marechal Rondon, 486)
  6. Ji-Paraná – Nova Brasília (Rua Manoel Franco, 663)
  7. Pimenta Bueno – Centro (Avenida Castelo Branco, 755)
  8. Porto Velho – Agenor De Carvalho (Avenida José Vieira Caúla, 4772)
  9. Porto Velho – Centro (Avenida Carlos Gomes, 660)
  10. Porto Velho – Nossa Senhora Das Graças (Nações Unidas, 271)
  11. Porto Velho – Nova Floresta (Rua Jatuarana, 4569)
  12. Porto Velho – Tancredo Neves (Rua Alexandre Guimarães, 7669)
  13. Rolim De Moura – Centro (Avenida 25 de Agosto, 5411)
  14. Vilhena – Centro (Avenida Major Amarante, 3271)

Auxílio emergencial — Foto: Divulgação
Auxílio emergencial — Foto: Divulgação

Um estudo divulgado pela Fundação Getulio Vargas (FGV) na quinta-feira (30), aponta que o Auxílio Emergencial representa um aumento de 24% na renda mensal dos trabalhadores que receberam o benefício.

Os dados do levantamento indicam, portanto, que o Auxílio Emergencial conseguiu compensar a perda de renda provocada pela pandemia de coronavírus. Sem o programa de ajuda, o recuo seria de 18%.

Publicidade


As profissões que mais tiveram aumento na renda com o Auxílio Emergencial são:

  • Auxiliar de agropecuária (71%);
  • Empregado doméstico e diarista (61%);
  • Agricultor e criador de animais (59%);
  • Faxineiro e auxiliar de limpeza (52%);
  • Porteiro e zelador (45%).

 

Fonte: G1/Rondônia

Comentários