Boliviana grávida é presa por tráfico de drogas em porto de Guajará-Mirim

Com a mulher foram apreendidos quatros quilos de pasta base de cocaína. As drogas estavam em meio a mercadorias que ela trazia da Bolívia.

356
(Foto: Polícia Militar/ divulgação)

Uma mulher de 39 anos, grávida de três meses, foi presa por tráfico de drogas quando desembarcava no porto de Guajará-Mirim (RO). Ela estava com o filho, uma criança, no momento da ação policial. Com ela foram apreendidos quatros quilos de entorpecentes. A mulher de nacionalidade boliviana foi levada, após a revista e abordagem, à sede da Polícia Federal (PF).

As mercadorias, chamaram a atenção da Polícia Militar (PM) e Polícia Rodoviária Federal (PRF), quando a mulher desembarcava com o filho no porto de Guajará. Por conta do comportamento dela, durante os questionamentos, os policiais decidiram realizar revistas.

Em meio as mercadorias foram encontrados e apreendidos quatro quilos de entorpecentes, tipo pasta base de cocaína. Ao ser questionada, ela informou que pegou a droga no lado boliviano, e que entregaria a uma mulher que a estava esperando no Brasil.

Diante disso, a suspeita foi conduzida à Polícia Federal em Guajará-Mirim. No local, foi acionado o Conselho Tutelar, por causa da criança que estava com ela no momento da prisão.

FONTE: G1/RO