Vídeo sobre a culinária quilombola rondoniense é premiado pela Fundação de Cultura Palmares

552

Um vídeo que destaca a rica tradição culinária da Comunidade Quilombola de Santa Cruz, localizada em Pimenteiras do Oeste, Rondônia, foi premiado no Edital “Sabores e Saberes da Gastronomia Quilombola”, promovido pela Fundação Cultural Palmares, vinculada ao Ministério da Cultura.

A produção, intitulada “Caldeirada de Pintado”, foi coordenada pela remanescente quilombola Izabel Mendes, carinhosamente conhecida como Beca Mendes. A parceria entre a Associação Diversidade Amazônica (ACEMDA) e o Ponto de Cultura, Memória Serpentário Produções, resultou em um vídeo que apresenta o processo de preparo da tradicional caldeirada de pintado, um prato apreciado há gerações pelos remanescentes quilombolas à beira do Rio Guaporé.

Beca Mendes compartilha que a caldeirada, apesar de sua simplicidade no preparo, é reconhecida pela sua extraordinária combinação de sabores, conquistando o paladar de todos que a experimentam. “É mais do que um prato, é uma herança cultural que nos conecta às nossas raízes”, afirma.

O Prêmio “Sabores e Saberes da Gastronomia Quilombola” reconheceu 50 iniciativas em todo o Brasil, destacando esforços na preservação e promoção da culinária quilombola. O objetivo da premiação é evidenciar costumes, práticas e, ao mesmo tempo, valorizar a importância econômica dessas tradições nas comunidades, oferecendo potenciais fontes de geração de renda.

A equipe responsável pela produção do vídeo incluiu profissionais dedicados à captura de áudio, produção, cinematografia e edição. Marcio Guilhermon foi responsável pela captação de áudio, Pietro Paulo Di Amurin atuou como assistente de produção, Washington Kuipers como cinegrafista e editor de vídeo, com direção geral de Andréia Machado.

Beca Mendes expressou sua gratidão pelo reconhecimento nacional, destacando a importância do prêmio para a visibilidade do trabalho realizado na região. “Estamos muito felizes com essa premiação que mostra que o trabalho que estamos realizando aqui no interior de Rondônia está sendo reconhecido nacionalmente. Gratidão Sempre”, disse emocionada.

O vídeo premiado não apenas resgata tradições culinárias, mas também serve como um testemunho audiovisual, preservando e compartilhando com as futuras gerações o rico legado gastronômico da Comunidade Quilombola de Santa Cruz. O reconhecimento nacional é um sinal da importância e relevância dessas práticas culturais na diversidade do patrimônio brasileiro.

ASSISTA: