Vereadores sabatinam técnico da Prefeitura e recebem resposta positiva sobre equiparação salarial dos médicos efetivos

Objetivo dos parlamentares é evitar greve da categoria

868

Dando continuidade à reunião com o Sindicato Médico de Rondônia (Simero) e médicos efetivos do município de Vilhena, os vereadores sabatinaram o responsável pela Folha de Pagamento da Semad da Prefeitura, Bruno Stedile, na manhã desta segunda-feira (9), na Sala de Reuniões da Casa de Leis.

Há mais de cinco anos, os médicos efetivos vêm reivindicando a equiparação salarial, hoje os médicos terceirizados são melhor remunerados do que os médicos efetivos. A categoria cogitou a possibilidade de fazer greve, caso não fossem atendidos.

O presidente da Câmara, Ronildo Macedo (Podemos) frisou a receita aumentou o que possibilita o reajuste da categoria: “O intuito dos vereadores é evitar uma greve de médicos efetivos neste momento delicado para a Saúde”.

Bruno também afirmou que a situação dos médicos efetivos poderá ser resolvida no mês de junho, como foi acordado em reunião entre o Simero, os médicos efetivos e a Prefeitura. Onde foi acordado que após a aprovação do Plano de Cargos, Carreiras e Salários (PCCS), a Prefeitura enviará um pedido de alteração, para que os vencimentos dos médicos efetivos aumentem de R$ 6 mil para perto de R$ 10 mil, atendendo assim a reivindicação da categoria.