TREINO AUTORIZADO: Dono de escola explica caso sobre pessoas jogando bola em campo do Embratel

Pessoas que estavam sem máscaras e em aglomeração não faziam parte de escolha de futebol.

3048

O VILHENA NOTÍCIAS publicou na tarde desta sexta-feira, 03 de julho, uma matéria na qual mostra pelo menos 10 jovens jogando futebol sem qualquer tipo de proteção, como máscaras e distanciamento, como prevê o decreto municipal de combate a covid-19 em Vilhena.

FUTEBOL CLANDESTINO: Escolinha de futebol de Vilhena mantêm jovens em treinamento em meio a pandemia

Após a publicação, o site foi procurado pelo professor e proprietário da Escola de Futebol América, Laion Santini, que funciona dentro do complexo esportivo no bairro Embratel, onde as fotos foram tiradas. Ele afirmou que as pessoas que estavam no campo sem proteção, não eram de nenhuma escolinha que funciona no local.

“As escolinhas fizeram um termo com a prefeitura, em que autoriza nosso funcionamento com número reduzido de alunos, uso de máscaras e álcool em gel, e sem que façamos peladas, apenas treino físico e funcional, como estão autorizadas as academias”, disse Santini.

Publicidade


Questionado sobre quem seriam as pessoas que estavam se aglomerando e sem máscaras no outro campo do complexo, o professor disse não sabe dizer, que provavelmente estariam ali fazendo algum tipo de treino funcional, mas que não estavam jogando futebol.

“Não sei dizer sobre os outros, mas nossa escolinha que funciona do outro lado do complexo e seguido à risca as determinações da prefeitura para continuar funcionando”, finalizou o professor.

Comentários