Polícia Militar inicia operação Paz no Trânsito para frear aumento de acidentes em todo Estado

608

As ações de combate à violência no trânsito foram reforçadas desde a noite de quinta-feira (29), com o início da operação Paz no Trânsito que será desencadeada ao longo dos próximos dias em todo o Estado. Todo o planejamento foi desenvolvido pela Polícia Militar do Estado de Rondônia, com atuação direta do Batalhão de Policiamento de Trânsito (BPTran). A medida foi tomada para frear os abusos cometidos no trânsito e, consequentemente, o considerado aumento de acidentes registrados nos últimos meses.

Com a evolução das Fases do Plano Todos Por Rondônia, publicado no decreto estadual que trata do estado de calamidade pública e flexibiliza o acesso às atividades ao público, houve um aumento no fluxo de veículos, bem como ocorrências envolvendo acidentes no trânsito.

Conforme detalhado pelo BPTran, tem-se percebido um aumento nos índices de acidente de trânsito com vítima, sendo que em setembro deste ano, chegaram a 172 solicitações de atendimentos. Para se ter uma ideia, somente em Porto Velho, antes de iniciar a fase de isolamento social por conta da pandemia do coronavírus, nos meses de janeiro, fevereiro, e março foram registrados pelo BPTran 220, 229 e 188 acidentes de trânsito, respectivamente. A queda no índice aconteceu consequentemente ao isolamento social atingindo 126 em abril; 137 em maio; e 125, no mês de junho. O aumento nas ocorrências foi iniciado em julho, com 153 ocorrências; em agosto, 166; e setembro, 172 ocorrências.

Conforme definido pelo comandante do Batalhão de Policiamento de Trânsito, major PM Diego Carvalho, todas as ações desencadeadas são direcionadas para a redução nos índices de acidentes. “Por esse motivo, o comando-geral da Polícia Militar de Rondônia determinou em todo o Estado a Operação Paz no Trânsito, que teve início na quinta-feira e será prolongada, com a realização de comandos de abordagens de trânsito, policiamento ostensivo motorizado, policiamento em barreiras e bloqueios policiais, especializados de trânsito, tudo com o objetivo de dar à sociedade o aumento da sensação de segurança no trânsito e prestar os serviços preventivos”, destacou o comandante do BPTran.