Patrimônio de candidatos a prefeito de Chupinguaia vai de R$ 150 mil a R$ 2 milhões

1848
Wanderley do Corgão (PTB) – Doutora Sheila (DEM) – Valdecir Bagattoli (PATRIOTA) – Roque (PT)

Os candidatos à prefeitura de Chupinguaia declararam seu patrimônio à Justiça Eleitoral, os patrimônios vão de R$ R$ 50 mil a mais de R$ 2 milhões. A declaração é obrigatória para quem disputa as eleições e foi realizada até o último sábado, 26 de setembro, prazo para que os partidos políticos e as coligações apresentarem o requerimento de registro de candidatos.

Todas as candidaturas estão agora aguardando julgamento e podem ser impugnadas pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Veja qual é o patrimônio informado ao Tribunal Superior Eleitoral dos quatro candidatos à prefeitura de Chupinguaia que registraram as candidaturas:

  • Wanderley do Corgão (PTB) R$ 2.333.152,00
  • Doutora Sheila (DEM) R$ 482.122,24
  • Valdecir Bagattoli (PATRIOTA) R$ 452.000,00
  • Roque (PT) R$ 150.000,00

O maior patrimônio é do Pecuarista Wanderley do Corgão que declarou ter R$ 2.333.152,00 em bens. O segundo maior patrimônio declarado é da candidata à reeleição Doutora Sheila que tem R$ 482.122,24 em bens – R$ 153.081,18 a mais do que possuía em 2016, quando concorreu e foi eleita prefeita na eleição municipal daquele ano.

Veja a declaração de bens dos candidatos a vice-prefeito:

  • Daniel Paraiso (PSB) R$ 538.074,76
  • Professor Vilson Ramos (PDT) R$ 363.303,34
  • Lenivaldo Gordo (PATRIOTA) R$ 178.300,00

O candidato Julio Eisenbraun (PT), que é advogado, não declarou bens.