PANDEMIA: Vilhena chega a 2 mil casos de contaminados, taxa de óbitos é de 1,73%

6050

Vilhena não recebeu resultados de exames de covid-19 neste sábado, 15. Dessa forma, Vilhena registra até as 19h00 de hoje: 2.098 casos confirmados de vilhenenses, nove positivados moradores de outras cidades, 31 óbitos de vilhenenses, seis óbitos de moradores de fora e 184 casos suspeitos. Há atualmente no município 288 casos ativos de moradores de Vilhena, bem como 1.779 já recuperados e oito transferidos.

Há nove pacientes internados em isolamento na Central de Atendimento à Covid-19, sendo cinco na UTI, dos quais dois com necessidade de respirador, um do sexo masculino com 68 anos e um do sexo feminino com 66 anos, bem como três na UTI sem necessidade de respirador, um do sexo feminino com 77 anos e dois do sexo masculino com 51 e 78 anos. Outros quatro pacientes estão internados na Enfermaria da Central, todos do sexo masculino com 38, 51, 58 e 65 anos. Dos internados, todos têm resultado positivo para covid-19. A taxa de ocupação de leitos da Central de Atendimento à Covid-19 é de 25% (sendo 50% na UTI e 15% na Enfermaria).

Esta é a taxa de ocupação de leitos da Central mais baixa dos últimos 25 dias em Vilhena. A média de 3 dias da taxa de crescimento de novos casos de covid-19 em Vilhena em relação ao total de casos ativos também é a menor desde o dia 7 de julho, tendo alcançado 6,1% neste sábado, apesar de já ter chegado a quase 21% no fim de julho, desde quando vem apresentando queda paulatina. No entanto, essa taxa de crescimento continua maior que a média estadual. Isso significa que em Vilhena cada caso confirmado transmite a doença para mais pessoas que a média rondoniense.

O Estado registrou até hoje 47,6 mil casos confirmados e 1.012 óbitos. No Brasil o número de casos confirmados já ultrapassou 3,317 milhões, com 107,2 mil mortes. No mundo são 21,5 milhões de casos confirmados e 767 mil mortes.

FACEBOOK – Foi lançada a página “Prefeitura de Vilhena – Covid-19” no Facebook. Essa página servirá para divulgar, a partir de 15 de agosto, de forma exclusiva, tudo sobre a covid-19 em Vilhena. O boletim diário também passará a ser divulgado nesta nova página do Facebook. Acesse a nova página por esse link: https://www.facebook.com/vilhenacovid19/.

WHATSAPP – Outro canal pelo qual os vilhenenses podem receber informação sobre a covid-19 é o WhatsApp da Prefeitura. O cadastramento é simples. Basta mandar uma mensagem pelo aplicativo com a palavra “corona” para o telefone 3919-7081.

ATENDIMENTO – Pessoas que tenham sintomas ou se considerem suspeitas de ter covid-19 devem procurar os postos de Saúde em Vilhena. Aos fins de semana a unidade em funcionamento é a Afonso Mansur, na avenida Brigadeiro Eduardo Gomes (das 7h às 19h).

DENÚNCIAS – Denúncias de descumprimento de normas de Saúde podem ser feitas pelos números: 190 da Polícia Militar (24h) ou 3322-1936 da Vigilância Sanitária (7h às 17h30, de segunda a sexta-feira).

MAPA – Veja mapa, gráficos e tabelas dos casos da cidade no Painel Covid-19 Vilhena disponível no site da Prefeitura, no menu “Serviços” e também pelo link direto: www.bit.ly/painelcovidvilhena.