Obras para instalação da usina de asfalto de Vilhena começam, veja cronograma

Terreno cedido pela Prefeitura de Vilhena recebe equipes do DER e da Prefeitura para executar instalações

1612

A implantação da usina de asfalto de CBUQ (Concreto Betuminoso Usinado a Quente) em Vilhena começou. O DER (Departamento Estadual de Estradas de Rodagem e Transportes) e a Prefeitura de Vilhena firmaram parceria na preparação do local. Atualmente, os trabalhadores se dedicam na limpeza do terreno, no cascalhamento do espaço onde será instalada a usina e no cercamento do terreno com palanques de concreto.

“Essa usina será um grande avanço para a cidade e agradeço ao governador coronel Marcos Rocha pela parceria com o município. Temos muitos projetos de asfalto para executar e, agora, com o Tchau Poeira também, Vilhena vai virar uma das cidades com o maior número de obras de pavimentação em andamento do Estado”, conta o prefeito Eduardo Japonês.

Prestam apoio à instalação da usina as secretarias municipais de Obras e Planejamento. De acordo com o secretário municipal de Obras, Marcelo “Boca”, a preparação do terreno é a primeira etapa. “Estamos oferecendo cascalho, máquinas e o terreno neste momento inicial, mas várias edificações serão feitas em parceria com o DER. É uma iniciativa muito importante que estamos dispostos a ajudar no que for possível”, explica Marcelo.

Diego Delani, engenheiro do DER, explica que o Governo do Estado trabalha atualmente na limpeza, cascalhamento e cercamento do terreno com palanques de concreto. “As próximas etapas já estão planejadas, com projeto em fase final de elaboração para a instalação completa e posterior compra dos materiais de construção. Será construída uma rampa de alimentação da usina, salas administrativas, de engenharia e outras, além de um barracão de oficina com depósito para armazenamento dos agregados”, comenta Diego.

A preocupação da equipe também é em realizar as benfeitorias necessárias para atender as exigências ambientais que culminarão na liberação da licença ambiental municipal e estadual.

Por sua vez, a Secretaria Municipal de Planejamento é responsável pelo projeto elétrico, atualmente em elaboração. “Vamos instalar a energia com um transformador da Prefeitura para que o motor estacionário do Governo alimente a usina. Vamos disponibilizar também carregadeira, vigilante e alguns servidores, conforme pedido do DER. Além disso, está previsto a instalação de uma segunda usina de asfalto no espaço, de nossa propriedade”, revela Faiçal Akkari, secretário-adjunto de Planejamento.

OUTRA USINA – Todos os equipamentos, aparelhos, materiais, veículos e servidores que trabalham com pavimentação serão deslocados para o local, a fim de centralizar as atividades de melhorias no asfalto da cidade em um único espaço. “Temos uma usina de asfalto PMF, Pré-Misturado a Frio, que produz material para tapa-buraco e ela também será instalada no local. Contaremos em breve também com a ajuda dos outros municípios conforme a usina de CBUQ começar a atender o Cone Sul”, explica Marcelo “Boca”.

Semcom

INSTALAÇÃO DA USINA de asfalto entregue em Vilhena na última semana já começou