Motoristas de aplicativo contratados para transportar drogas são presos em Vilhena

Militares do 3º Batalhão receberam a denúncia da entrega de drogas em uma casa no residencial Orleans

4964
Foto: Felipe Menezes/Metrópoles/Ilustração

Dois motoristas que fazem transporte por aplicativo foram presos em flagrante por envolvimento com o tráfico de drogas, em Vilhena. A operação policial para prendê-los começou na noite de ontem e terminou na madrugada dessa quinta-feira, 16 de julho. Segundo a Polícia Militar, eles foram contratados para transportar drogas e o homem que receberia o entorpecente também foi preso.

Militares do 3º Batalhão receberam a denúncia da entrega de drogas em uma casa na rua 5004 no residencial Orleans.

Quando os militares chegaram ao local, encontraram um papelote de 9,4 gramas de basta base de cocaína e um simulacro de arma de fogo. O homem de 21 anos disse que um motorista de aplicativo levou a droga até sua casa. À polícia, o suspeito revelou que comprou o entorpecente para revendê-lo e que a arma de brinquedo apreendida com ele era para intimidar outros traficantes.

Minutos depois a polícia localizou o carro modelo Onix usado no transporte de passageiros na cidade e prendeu dois motoristas de aplicativo, um de 26 e outros de 30 anos. Segundo a polícia, eles são sócios e dividem as corridas e o lucro da venda de drogas. Na casa de um dos suspeitos foram apreendidas 200 gramas de pasta base de cocaína e R$ 1.339,00 em dinheiro. Os motoristas foram levados para a Unidade de Segurança Pública (Unisp) onde foram autuados por tráfico de drogas. O homem que recebeu o entorpecente também foi preso.

Publicidade


Comentários