LIVRAMENTO: Assaltante puxa o gatilho para atirar em vendedora de farmácia, mas arma falha

Assalto aconteceu na terça-feira, 22 de setembro, na cidade de Cerejeiras.

7388
A vendedora escapou por pouco. (Foto: Ilustrativa)

Uma vendedora de uma farmácia na cidade de Cerejeiras, por pouco não ficou gravemente ferida durante um assalto. O bandido apontou a arma para a cabeça da mulher e puxou o gatilho. Por sorte, o revólver não funcionou.

O assaltante estava armado e invadira o comércio durante à noite. A vendedora, que não estava trabalhando sozinha, cooperou com o bandido. Colocou as mãos para o alto e abriu o caixa tranquilamente. Segundo relatos das testemunhas à polícia, o bandido insistiu por mais dinheiro e colocou a arma na cabeça dela. A funcionária se abaixou, e o criminoso puxou o gatilho. Mas tudo o que se ouviu foi um estalo.

Antes de deixar o comércio, carregando o dinheiro roubado (R$ 2.957,00), o bandido teria feito ameaças de morte se alguém revelasse a identidade dele.

A Polícia Militar foi chamada e viu as imagens do sistema de monitoramento da loja. A filmagem ajudou a identificar o bandido. Ele foi preso horas depois em casa. A arma usada no assalto, um revólver calibre 22, e parte do dinheiro roubado foram recuperados. Na casa a polícia ainda apreendeu um simulacro de arma de fogo. Segundo a PM, o imóvel era alugado e a proprietária também foi atuada. A mulher teria sido captada por câmeras de segurança no entorno da farmácia.

A PM também confirmou a prisão de um segundo homem. Ele teria participado do assalto. Uma motoneta Honda Biz, que teria sido usada na fuga, foi encontrada em um terreno baldio próximo à residência dos suspeitos. O veículo era produto de furto, informou a polícia.

O trio foi detido e levado para a delegacia de Polícia Civil da cidade. O caso segue em investigação.