Justiça decreta prisão de servidor da Semosp que tentou matar ex-funcionário da Semed de Vilhena

2161

A Justiça decretou a prisão preventiva do servidor público municipal Marcos Uelbe Ferreira Couto. Ele é suspeito de ter atirado contra o carro e a casa de Aluízio Oliveira Serafim, ex-servidor comissionado da Secretaria Municipal de Educação (Semed), no dia 29 de dezembro de 2019.

Marcos Uelbe é considerado foragido. A assessoria do Executivo Municipal confirmou ao Vilhena Notícias que o servidor foi exonerado do cargo.

A Polícia Civil descobriu que Marcos Uelbe estaria ameaçando familiares da vítima, mesmo depois do atentado a tiros. O ex-servidor sofreu a emboscada quando chegava em casa. Dois projéteis perfuraram a lataria do carro e Serafim não foi atingido. Outros dois tiros acertaram o portão da residência.

Antes do crime, a vítima teria sido ameaçada verbalmente. A motivação teria sido ciúmes. Marcos Uelbe (está separado há três anos) acusa a vítima de ter um caso com sua ex e que o relacionamento teria começado quando a mulher ainda era casada. A vítima diz que nunca se envolveu com a mulher.

A Polícia Civil continua investigando o caso.