Jovem degolado em Porto Velho foi obrigado a gravar vídeo para facção rival

Os agentes da Delegacia Especializada em Crimes Contra a Vida (DECCV) já estão tentando prender os assassinos.

6692

Na madrugada de quarta-feira (07), Matheus Guilherme de Souza Amaral, de 18 anos que foi morto degolado a golpes de facão, antes do assassinato o jovem foi obrigado a gravar um vídeo declarando que tinha passado da facção criminosa Primeiro Comando do Panda (PCP) para o Comando Vermelho (CV).

O corpo de Matheus foi encontrado morto nos fundos do condomínio Orgulho do Madeira, na Zona Leste da capital.

No vídeo o rapaz que morava no condomínio Morar Melhor foi rendido por membros do Comando Vermelho e obrigado a rasgar uma camisa branca e vestir outra vermelha da facção criminosa CV. Os agentes da Delegacia Especializada em Crimes Contra a Vida (DECCV) já estão tentando prender os assassinos.

 

FONTE: RONDONOTÍCIAS