65632

HEROÍNA: Amiga que viu acidente conta em áudio detalhes do desastre que vitimou Laysa Ceruti

Laysa Ceruti, à esquerda na foto, sonhava em ser esteticista.

A rotina de Simone Ferreira da Silva nunca mais será a mesma depois da sua grande perda. Agora, sentindo uma terrível dor ela pensa apenas na amiga Laysa Pereira Tavares Ceruti, de 29 anos, e no fim abrupto da vida da colega, que morreu atropelada por uma carreta enquanto ajudava no socorro de vítimas de um acidente de trânsito, no último sábado, dia 18 de janeiro de 2020.

Simone é uma jovem de 27 anos e, assim como outras pessoas, possui sempre uma amiga mais próxima. Essa amiga era Laysa Ceruti. Uma mulher que ela define como “uma heroína”.

Ainda em estado de choque Simone decidiu falar com a reportagem do Vilhena Notícias para dizer que a amiga, Laysa, perdeu a vida ao fazer o que mais gostava: ajudar o próximo. A amiga também contou que ela sonhava em seguir a carreira de esteticista e estava estudando para isso.

Ao relatar a convivência que tinha com a amiga, Simone disse que as duas sempre se falavam e mantinham uma amizade de amor fraternal há 14 anos: “nos momentos mais difíceis da minha vida ela sempre esteve ao meu lado. Está sendo muito difícil”.

Publicidade


Desolada com a situação de perder uma pessoa tão próxima, ela contou como foram os últimos momentos de Laysa, naquela fatídica tarde de 18 de janeiro.

Laysa é filha do ex-vice-prefeito de Vilhena, Darci Ceruti. O corpo da jovem foi sepultado no cemitério municipal Cristo Rei, pouco antes das 10h00 da manhã deste domingo, dia 19 de janeiro. Simone manifesta tristeza e se solidariza com a família e colegas.

Ouça áudio:

 

Comentários