FESTA: Prefeitura de Vilhena abre licitação de R$ 58 mil para comprar salgadinhos, bolos e até pudim

13872

A prefeitura de Vilhena por meio da Secretaria Municipal de Educação (SEMED) abriu nesta quinta-feira, 28 de maio, uma licitação que prevê a contratação de uma empresa para fornecer bolos, tortas e salgadinhos no valor de R$ 58.923,10.

As propostas podem ser recebidas na Controladoria de Licitações da Prefeitura até às 9h00 de 09 de junho, quando ocorre o pregão e a abertura das propostas.

Segundo a licitação, a compra servirá para atender as demandas da SEMED na realização de eventos, encontros pedagógicos, oficinas, palestras entre outros, dentro do exercício de 2020. O certame é destinado às empresas vilhenenses, no entanto, não havendo interessados na cidade, empresas regionais podem participar.

Dentre os itens que serão comprados pela prefeitura estão pão de queijo, salgadinhos fritos, tortas de limão, de frango, vários tipos de bolo, pastéis de 15 gramas e até pudim.

Mesmo com a perspectiva desfavorável em relação a volta às aulas na rede municipal, por causa da pandemia de Covid-19, a Secretaria de Educação insiste no gasto desnecessário, que inclusive pode nem ser efetivado, se as proibições de aglomerações este ano permanecerem.

TEM QUE GASTAR

Por lei constitucional o município precisa gastar 25% de sua arrecadação em educação, e os salgadinhos, bolos e pudins entram nessa cota. Com esse gasto, fica mais fácil fechar o percentual no fim do ano.

Para se ter uma ideia de que o gasto é desnecessário, em 2019 não houve licitação da SEMED nesse âmbito. Porém em 2020, justamente em um ano que vive uma pandemia, quando a arrecadação está caindo, a prefeitura libera um gasto de mais de R$ 58 mil.