1116

Empresário que tentou atropelar sargento da PM pode responder por tentativa de homicídio

Um motorista de 46 anos que tentou atropelar um policial militar neste domingo, 15 de março, após furar um bloqueio da operação lei seca, no Centro de Vilhena, pode ser indiciado por tentativa de homicídio. O suspeito é um empresário de Cacoal

Segundo a PM, para não passar na blitz, o empresário fugiu na contramão. O flagrante aconteceu durante a madrugada, por volta de 3h. Depois de deixar a área central da cidade em fuga o motorista seguiu pela BR-364 e foi parado na altura do KM 23, após a polícia atirar no pneu traseiro do carro.

Cercado pelos policiais, o empresário tentou atropelar o sargento da PM Wagner Henning durante abordagem. O policial se jogou para dentro de uma viatura para não ser esmagado. Ao ser preso, o homem não quis fazer o teste de bafômetro. No carro dele foi encontrada uma garrafa de uísque vazia.

Na Polícia Civil o delegado Lincoln Ossamu Muzusaki confirmou a prisão em flagrante pelos crimes de embriaguez na direção e dano ao patrimônio público. O empresário deve passar por audiência de custódia nesta segunda-feira, 16.

Comentários