Comerciante é denunciado na polícia por importunação sexual contra um menino de 9 anos

4740
Foto: Renato Spagnol

Um comerciante de Vilhena foi denunciado na Polícia Civil por importunação ofensiva ao pudor, nesta segunda-feira, 23 de março. Segundo o registro policial, o empresário teria passado a mão nas nádegas de um garoto de 9 anos e o chamado de “viadinho”. Uma lei aprovada em 2018 (veja aqui) classifica o gesto como importunação sexual e pode levar o agressor à prisão.

O caso aconteceu na madrugada do dia 17 de março deste ano durante uma pescaria na área rural do município. A criança estava com o pai, que é amigo do empresário suspeito do crime.

A criança chegou em casa e contou o fato para a mãe, que decidiu denunciar o comerciante. No B.O., o pai do menino diz ter presenciado a cena, mas não explicou por que não repreendeu o amigo de pescaria. O caso pode ir parar na Delegacia Especializada em Atendimento à Mulher e Proteção à Criança e Adolescentes (DEAM).

Se for indicado pelo crime, a pena prevista é de 1 a 5 anos de reclusão, isso se o ato não constituir crime mais grave.