2095

Carmozino diz que respeita decisão e não vai recorrer de decreto que extingue mandato

Decreto Lei extinguiu mandato do vereador

Na sessão ordinária de terça-feira (1) o presidente da Câmara de Vereadores Ronildo Macedo (PV) colocou fim à polêmica que envolvia a possibilidade de retorno de Carmozino Alves Moreira ao cargo de vereador em Vilhena. O chefe do legislativo extinguiu, por meio de Decreto Lei, o mandato do político.  A decisão do presidente foi balizada em um despacho do juiz eleitoral Vinícius Bovo de Albuquerque Cabral, afirmam interlocutores. Veja aqui comunicado de condenação eleitoral que impedia retorno ao cargo.

Nesta quarta-feira (2) Carmozino Alves declarou que respeita a decisão da Câmara e não vai recorrer. A declaração põe fim ao imbróglio que se arrastava há mais de um ano.

Comentários