ÁTILA IBÁÑEZ – COLUNA DO DIA 19 DE FEVEREIRO DE 2021

476

▓ ▓ ▓

Laressa Gomes reside em São Paulo e é de Vilhena. Seu aniversário acontece nesse mês de fevereiro. Parabéns pela passagem do seu aniversário.

▓ ▓ ▓

▓ ▓ ▓

Junior Storto estudou na FIMCA, mora em Vilhena. Está de aniversário nesse mês de fevereiro. Parabéns pra você pela passagem do seu aniversário.

▓ ▓ ▓

▓ ▓ ▓

Vanessa Oliveira Sales trabalha no Hospital Bom Jesus. Vanessa esteve de aniversário. Nós cantamos os parabéns para aniversariante.

▓ ▓ ▓

Você que quer ser bem atendido na troca de óleo do seu carro é só conversar com o Danielzinho que fica no Posto Cavalo Branco. Troca de óleo Danielzinho, excelente profissional.

▓ ▓ ▓

Leandro Lima Barbosa. PhD candidate na empresa UNICAMP. Trabalhou como projetista na empresa Propriedade Intelectual Designers. Engenner na empresa CI Brasil.

Analista de projetos na empresa. Estudou Eletrônica Digital na instituição de ensino CI Brasil Laboratório de Sistemas Integráveis Tecnológico. Trabalhou como Design Engineer na empresa Freescale, estudou Eletrônica Digital na instituição de ensino CI Brasil. É de Vilhena, reside em Campinas – SP.

Leandro esteve de aniversário. Nós o parabenizamos pela data. Cantamos bem alto os parabéns para o vilhenense.

▓ ▓ ▓

 

▓ ▓ ▓

José Ailton Sampaio e sua mãezinha. Sampaio morou por muitos anos em Vilhena. Hoje reside em Porto Velho.

O bom moço esteve de aniversário. Nós desejamos ao Ailton muitos anos de vida. Parabéns pelo aniversário.

▓ ▓ ▓

▓ ▓ ▓

Lanayra Pandolph esteve de aniversário. Seu níver foi dia 18 de fevereiro. É filha do médico e Acadêmico da AVL – Academia Vilhenense de Letras.

Como dizia a nossa queridíssima Dengosa – Sueli Bond: “Já que a Lanayra esta de aniversário. Vamos cantar bem alto os parabéns pra ela.”

▓ ▓ ▓

▓ ▓ ▓

Heitor Rabello Freire, um excelente músico e compositor. O nosso querido amigo esteve de aniversário. Nós o parabenizamos pela data. Mais uma vez. Parabéns!

▓ ▓ ▓

▓ ▓ ▓

Angélica Costa Kaiser estudou na AVEC, mora em Vilhena. A jovem aniversariou. Registramos aqui a data em nossa coluna social “Night In Black Tie”. Parabéns Angélica.

▓ ▓ ▓

▓ ▓ ▓

▓ ▓ ▓

Esse velhinho é o pai do colunista. Já se foi, está no céu. Roberval de Souza França. Grande personalidade de Rondônia. Seu neto Dr. Lawrence Pablo Ibáñez França – Advogado.  Só para lembrar.

▓ ▓ ▓

▓ ▓ ▓

Grande Guerreiro, Mário Mileo. Quando voltaremos a  ter belas noites de seresta em Vilhena? Esse cantor e compositor contribuiu muito para a cultura de Vilhena. Continua levando o nome de nossa cidade por onde anda.

▓ ▓ ▓

▓ ▓ ▓

Uma boa lembrança. Átila Ibáñez França com seu filho Pietro A. Ibáñez França. Boa lembrança que tenho no coração.

▓ ▓ ▓

▓ ▓ ▓

BOLA CHEIA – Para o povo brasileiro pela chegada da vacina. Salvar vidas não é somente a vacina, mas a maneira como nos comportamos diante do problema. Não aglomere.

▓ ▓ ▓

BOLA MURCHA – Para políticos que fizeram da pandemia uma maneira de ganhar votos. Isso é muito cruel. Ganhar votos com a morte é falta humanidade.

▓ ▓ ▓

Márcio Pereira Leite (Belo Horizonte, 30 de agosto de 1947) é um músico, cantor e compositor brasileiro.

A sua carreira teve início em 1967 quando lançou o seu primeiro disco com canções dos Beatles, incluindo a sua primeira composição Venha Sorrindo.

O sucesso nacional chegou na década de 1970, com a canção Impossível Acreditar que Perdi Você, parceria com o seu irmão Cobel. O disco vendeu mais de 500 mil cópias, sendo considerado à época como um fenômeno de vendas, tendo ficado nas paradas durante seis meses consecutivos. A canção foi regravada por mais de 60 artistas de diferentes estilos de interpretação, entre eles Fábio Júnior, Rita Ribeiro, Verônica Sabino, Wilson Simonal, Rosana, e Toni Platão.

É o autor de sucessos como O Infinito, O Mais Importante É o Verdadeiro Amor, Aparências, O Travesseiro, Reencontro e outros.

Lançou um disco em espanhol para toda a América Latina e foi reconhecido também em Portugal.

Foi um dos artistas que mais atuaram em programas de TV, tendo inclusive apresentado o seu próprio programa (O Mundo É dos Jovens) na extinta TV Tupi de São Paulo, além de participar de festivais internacionais e ganhar prêmios importantes como a Gaivota de Plata em Viña del Mar no Chile, em 1983.

Como compositor também tem canções gravadas por Roberto Carlos, como Tentativa e Vivendo por Viver. Esta última foi também gravada por Zezé di Camargo e Luciano, e ainda por Sérgio Reis.

Relacionamento: namorou com a cantora Adriana (1967-1968); e com Maria da Conceição Miguel (1968-1973). Casado duas vezes com Maria da Conceição Miguel (1973-1978), quando nasceu o primeiro filho do casal: o cantor Rafael Greyck; e (1981-1984), quando nasceu o segundo filho: o ator e cantor Bruno Miguel.

Atualmente reside em Belo Horizonte de onde se desloca para atender a inúmeros convites para shows em todo o Brasil. Trabalha também em parceria com seu filho mais novo, Bruno Miguel, que também prepara um CD com músicas inéditas a ser lançado em breve, depois de fazer sucesso com a canção Faz Assim incluída na trilha de Malhação da TV Globo em 2003, e recentemente como a mais executada em programas de rádio em todo o país na voz do grupo jovem Sorriso Maroto.

Recentemente autorizou a inclusão de sua mais famosa canção nas trilhas sonoras dos filmes 1972 de José Emílio Rondeau em 2006, e também em Árido Movie cujo personagem leva o seu nome, além do filme O Homem que Desafiou o Diabo com Marcos Palmeira, em que seu outro filho, Rafael Greyck, participa cantando “Impossível Acreditar que Perdi Você”.

Em 2013 teve uma participação no filme Cine Holliúdy, uma comédia brasileira, dirigido por Halder Gomes, fazendo o papel de um comprador de carros.

Discografia no Brasil

1967 – Márcio Greyck I

1968 – Márcio Greyck II –

1969 – Márcio Greyck III –

1971 – Corpo e Alma  

1974 – Márcio Greyck IV

 1979 – Sentimento  

1981 – Aparências

1982 – Márcio Greyck V  

1983 – Márcio Greyck VI

1987 – Pés no Chão e Coração nas Nuvens

1997 – No Tempo, No Ar e No Coração…  

1998 – O Mais Importante (coletânea)

2008 – Pra Sempre (coletânea)

Internacional

1983 – Marcio Greyck (En Castellano)