Após 40 anos como funcionário público Toninho da Ceron se lança candidato a vereador em Vilhena

Servidor se aposentou no ano passado.

1240

Aos 61 anos de idade e pelo menos 40 deles trabalhando como funcionário público, Antônio Inácio Gonçalves, o Toninho da Ceron, como é conhecido na cidade, decidiu se lançar candidato a vereador. Filiado ao Democratas, o pai de 2 filhos é casado há 39 anos e foi coordenador da comunidade Nossa Senhora Aparecida.

Toninho da Ceron visitou durante esta semana a redação do Vilhena Notícias e contou um pouco sobre sua trajetória de vida e o que lhe fez entrar na briga por uma vaga na Casa de Leis vilhenense, além dos projetos que espera implantar na cidade.

Exímio conhecedor do município, já que chegou por aqui no ano de 1978 e como funcionário da então Ceron, Toninho conhece como a palma da mão todos os cantos da cidade. O candidato se definiu como um amante da política. “Eu gosto muito de política e agora tenho o tempo que acho necessário para se dedicar a esse ato. Tenho a experiência de nada mais nada menos que 40 anos lidando com o público e sei dos anseios da sociedade como um todo”, disse.

Formado em Ciência Contábeis, Toninho tem nas veias o sangue político. Ele é filho de um ex-prefeito paulista. Seu pai exerceu mandato na cidade de Pongaí-SP e seu irmão foi vereador em Vilhena.

Entre as concepções de um bom mandato Toninho destaca quatro pontos que julga ser essencial a curto prazo. Fiscalização do executivo e às secretarias, analisando de perto a aplicação de recursos, melhorias no trânsito de Vilhena, aplicações consideráveis na área social e melhor fiscalização ao dinheiro que é empregado na saúde, principalmente no Hospital Regional.

“Um dos princípios básicos do vereador é fiscalizar o Poder Executivo e nisso tenho uma vasta experiência. O trânsito de Vilhena merece mais atenção das autoridades competentes. Precisamos implantar semáforos na BR-364, faixas elevadas e passarelas. Já as áreas sociais precisam ser mais alimentadas na cidade. Precisamos melhorar os convênios que já existem e também trazer novos. Nessa luta queremos contar com a iniciativa privada também, ela é um bom recurso”, anunciou.

Sobre a saúde, especificamente sobre o Hospital Regional, Toninho diz que gostaria de mais clareza sobre as ações e implantações do dinheiro público por lá. “Não é vedado, mas também não se fala em quanto sai do caixa da prefeitura e vai para o HR. Não se sabe se os municípios vizinhos, que utilizam o hospital contribuem. Enfim, é preciso que a população veja a transparência no quesito saúde\hospital”, disse.

Como coordenador da Ceron durante longos anos, Toninho tem vasta experiência na área de iluminação pública. Segundo ele, a melhor alternativa para Vilhena seria a troca de todas as lâmpadas “de rua” para Led. “É algo importante para o município, isso traria economia ao longo dos anos. É algo que estando lá (na Câmara) será muito mais fácil de agilizarmos”, concluiu.

Longe de polêmicas em toda sua vida pública, Toninho pretende manter assim sua trajetória. E escolheu não apoiar nenhum candidato a prefeito. “Inclusive meu santinho não tem nenhum candidato ‘nas costas’. Essa é a opção que achei mais sensata no momento. Mas deixo claro aqui, que tenho o maior respeito por todos os candidatos que se lançaram ao executivo”, finalizou Toninho.