Seu sono pode estar sendo afetado por alguns fatores

Não são poucas as pessoas que apresentam distúrbios do sono e passam anos dormindo mal sem saber o motivo.

640

Para se manter disposto durante o dia todo não tem nada melhor do que uma boa noite de sono. Dormir proporciona uma série de benefícios para o organismo e é durante esse período que o corpo e a mente descansam e que diversos sistemas se equilibram como o imunológico, endócrino e neurológico.

Por isso, quando se entra em um estado de privação de sono é comum ocorrerem mudanças de humor, indisposição e que surjam algumas doenças, pois a imunidade fica prejudicada.

Inúmeros são os fatores responsáveis por fazer com que se durma mal ou até mesmo com que a insônia apareça. Muitas vezes as pessoas sequer se dão conta de que os hábitos do dia a dia e o estado emocional influenciam diretamente na capacidade de ter uma boa noite de sono.

Para evitar as noites mal dormidas, listamos abaixo tudo o que pode interferir no seu sono.

Estresse

Quem nunca se deitou para dormir e passou horas pensando nos problemas do dia é um verdadeiro sortudo. É comum passar por esses momentos quando se está estressado e há uma explicação biológica para isso.

O estresse é responsável por fazer com que a glândula supra renal libere uma grande quantidade de cortisol, que é um hormônio responsável por deixar as pessoas mais alertas. Com isso, fica mais difícil de se desligar dos problemas e dormir.

Distúrbios do sono

 Não são poucas as pessoas que apresentam distúrbios do sono e passam anos dormindo mal sem saber o motivo.

Diversos são os problemas desse tipo que prejudicam o descanso durante à noite e um dos mais comuns é a apneia do sono. Nela ocorre uma obstrução parcial ou total do fluxo de ar na garganta e isso faz com que se durma mal.

Outro exemplo é o bruxismo, no qual há é realizada uma pressão excessiva sobre os dentes que provoca o seu desgaste e desencadeia dores na mandíbula.

Felizmente existem tratamentos para curar ou controlar esses distúrbios do sono e em qualquer sinal de que isso possa estar acontecendo é preciso buscar ajuda de um médico.

Ansiedade

 Depois do estresse outro problema de cunho emocional que mais leva a insônia é a ansiedade.

Nela há uma preocupação excessiva e persistente a respeito das mais variadas questões, podendo ser elas relacionadas a dinheiro, relacionamentos, estudos e muito mais.

Ambiente desconfortável

 Para ter uma boa noite de sono é preciso se deitar em uma cama confortável, com bons travesseiros, lençóis e cobertas.

A escolha de um colchão errado é o que mais faz com que se durma mal e acorde com dores no dia seguinte. Por isso, o ideal é adquirir um modelo que tenha as medidas, espessura e densidade corretas.

Para casais existem três tamanhos de colchão que podem ser comprados. O de casal é o mais tradicional e o menor, o queen é uma versão intermediária e possui um tamanho de médio a grande e o colchão king é a maior opção disponível, e por isso costuma proporcionar mais conforto e espaço.

Além do colchão, ter um travesseiro que deixe o corpo alinhado na cama também é fundamental para conquistar um sono adequado.