615

Pesquisa revela que pessoas com mais de 50 anos estão tendo mais amantes

Traição não é apenas para jovens e inquietos. Embora no geral a porcentagem de pessoas que admitem casos esteja se mantendo estável, nos últimos anos as pessoas nos anos 50 e 60 se afastaram mais, enquanto seus colegas mais jovens estão traindo menos.

Hoje, um em cada cinco adultos com 55 anos ou mais relataram terem feito sexo fora do casamento em algum momento do casamento, de acordo com a Pesquisa realizada pelo Site de Relacionamento Sugar, Meu Rubi, enquanto apenas 14% dos 18 aos 55 dizem o mesmo.

Pode começar inocentemente. Você conversa com seu ex da faculdade pelo Facebook. Ou você começa a flertar com um colega no trabalho. Então o flerte se torna mais sensível, às mensagens mais sexuais. Você começa a fantasiar em fugir por uma noite, um fim de semana ou até o resto da sua vida.

Você se encontra à beira de um caso.

Publicidade


A maioria dos brasileiros valoriza fortemente a fidelidade. A pesquisa foi realizada em de maio de 2019, e 88% dos entrevistados disseram que era moralmente errado homens e mulheres casados terem amantes.

No entanto, de acordo com o Meu Rubi, um em cada seis adultos em relacionamentos comprometidos teve relações sexuais fora de sua união.

Os negócios podem ser tentadores e podem parecer valer o risco (você, é claro, nunca seria pego).

Mas a infidelidade também pode ser emocionalmente devastadora para todos os envolvidos. Antes de saltar para o desconhecido, você quer ter muita, muita certeza de que esse caminho é adequado para você. E pense nas consequências – porque haverá uma.

A chave é descobrir quais anseios você está tentando satisfazer com um caso – e se o sexo com alguém novo é a melhor maneira de cumpri-los. As respostas a estas perguntas lhe dirão o que você precisa saber.

O que está fazendo você se sentir assim?

Pense nos sentimentos que são despertados pela outra pessoa ou na mera ideia de um caso. Essa é uma visão valiosa sobre o que está levando você a fazer sexo fora do seu relacionamento – e o que pode estar faltando em sua vida.

Você pode se sentir espirituoso, inteligente ou sexy quando está flertando – uma versão sua mais atraente do que como você age com seu parceiro.

Por exemplo, talvez você não possa expressar raiva por algo que está incomodando você (sua vida sexual, sua vida social e assim por diante) e, assim, interrompeu seus sentimentos. Para se sentir totalmente vivo novamente, você está procurando outro lugar.

Ou talvez você sinta que está sempre incomodando seu parceiro ou sendo incomodado, o que faz você se sentir preso e infeliz. É difícil sentir-se sexy e corajosa.

O que está faltando no meu casamento?

Sentir-se atraído por seu galã na faculdade não significa necessariamente que seu casamento está condenado. Mas pode estar expondo problemas sérios. Você se sente esquecido ou dado como certo? Seu parceiro ficou irritado?

“Surpreendentemente, ouvimos dizer que as pessoas têm casos porque se sentem magoadas, negligenciadas ou abandonadas”, diz Sue Johnson, psicóloga clínica e um dos fundadores da Terapia Focada Emocionalmente para casais. “Eles estão buscando consolo com outro na tentativa de se sentirem amados e desejados”.

Talvez você tenha tentado se conectar de maneira mais significativa e seu parceiro tenha ignorado seus pedidos. Antes de desistir, tente uma nova abordagem.

Você pode dizer algo como: “Estou me sentindo tão sozinho nesse relacionamento, e realmente quero falar sobre isso”, diz Johnson, que também é o autor de Love Sense: A Nova Ciência Revolucionária dos Relacionamentos Românticos.

Abrir-se dessa maneira pode ser difícil, mas pode ser o começo de uma nova maneira de se comunicar. Se seu parceiro parecer perplexo, defensivo ou totalmente hostil, talvez seja hora de procurar um terapeuta experiente em casais.

Comentários