O crescimento do mercado de apostas online no Brasil

132

Se você acompanha esportes como futebol e MMA, provavelmente já ouviu falar sore as apostas esportivas. Acontece que as casas de apostas online são patrocinadoras importantes de diversas equipes de esportes populares no Brasil. Segundo uma matéria do grupo Globo, o mercado de apostas esportivas no Brasil movimentou cerca de R$ 7 bilhões em 2020. Esse número é ainda mais impressionante quando lembramos que as apostas esportivas só foram liberadas no Brasil no ano de 2018, com uma decisão do governo de Michel Temer. Nesse artigo vamos explorar o crescimento das apostas esportivas online no Brasil. A seguir você vai ler sobre:

 

  • Porque existe uma confusão envolvendo as casas de apostas no Brasil
  • Como as apostas esportivas funcionam como um hobby para Brasileiros
  • Quem está trabalhando como apostador profissional
  • Quais são alguns dos sinais de crescimento do mercado de apostas online no Brasil
  • Algumas das principais casas de apostas operando no Brasil
  • E muito mais

 

Entenda a confusão em torno das apostas no Brasil

Você certamente não se lembra, mas houve uma época em que existiam vários casinos em cidades brasileiras. Tudo isso acabou em 1946 quando o presidente em exercício, Eurico Gaspar Dutra, assinou um decreto-lei que proibia a atividade. O decreto vigora até hoje. Isso é particularmente confuso, especialmente quando lembramos que o Governo Federal promove uma modalidade de jogos de azar através das lotéricas da caixa.

De certa forma, é como se o Governo Federal tivesse pegado os jogos de azar para si e proibido a concorrência.

Os primeiros sinais de mudanças só vieram acontecer recentemente. Em 2018, para ser mais especifico. Foi quando o governo de Michel Temer autorizou as apostas esportivas no Brasil.  Agora, as casas de apostas podem operar no Brasil, apesar de não existir uma regulamentação clara para ela.

Atualmente, todas as casas de apostas esportivas que operam no Brasil são estrangeiras. A maioria tem sede em paraísos fiscais.

Já existem conversas sobre a regulamentação das casas de apostas esportivas no Brasil, para que essas empresas possam ter sede no país sem ter que pagar impostos absurdos. Por outro lado, há quem diga que a ideia provavelmente não vai dar certo já que os paraísos fiscais são atraentes demais.

 

 Apostas esportivas como um hobby

 Agora que a maioria dos brasileiros adultos tem acesso à internet ao mesmo tempo que uma parte considerável deste mesmo grupo tem um smartphone em mãos, as apostas esportivas ficaram muito mais fáceis.

A maioria das casas de apostas operam através de aplicativos. Elas oferecem serviços especiais, como a transferência de fundos pela internet, que facilitam a vida de qualquer apostador.

Hoje em dia, é fácil comparar os prós e os contras das casas de apostas por meio de vários guias de apostas esportivas e casas de apostas online.

Praticamente qualquer fã de esportes é um apostador em potencial já que é bastante fácil fazer apostas e também porque não existe estigma relacionado a prática.

As apostas já foram mal vistas pela sociedade brasileira. Inclusive, a fé da esposa de Eurico Gaspar Dutra (quem proibiu os jogos de azar no Brasil) é apontada até hoje como um fator importante que levou a proibição dos jogos de azar.

 

 Apostas esportivas como uma profissão

 Se por um lado as apostas esportivas são uma atividade de lazer para muitos brasileiros, há algumas pessoas que levam tudo isso muito a sério. Eles são chamados de traders esportivos e são considerados profissionais no ramo.

Existe todo um negócio envolvendo as apostas esportivas. Um negócio que vai muito além das casas de apostas.

Um apostador profissional trata as apostas como uma ciência. Ele faz pesquisas, considera a probabilidade e segue um código de conduta para evitar perdas e maximizar as chances de lucro. Inclusive, alguns apostadores profissionais são tão bons que eles acabam se tornando tipsters.

Um tipster é um informante. Uma pessoa com conhecimento do esporte que oferece informações para outros apostadores em troca de uma taxa.

No Brasil, temos portais como a Academia de Apostas que oferecem esse tipo de serviço.

  

Sinais claros do crescimento do mercado de apostas online no Brasil

Segundo uma matéria do portal Metrópoles, o mercado de apostas no Brasil tem um potencial de 10 bilhões por ano em arrecadação para o governo, só é preciso uma regulamentação adequada. Alguns críticos afirmam que é quase impossível competir com os paraísos fiscais, mas o potencial de arrecadação não é o único indicativo de crescimento do mercado de apostas que temos.

Uma matéria da revista Veja, mostrou que 33 dos 40 principais clubes de futebol do Brasil já estão sendo patrocinados por casas de apostas. Esse movimento também acontece na segunda divisão do futebol brasileiro.

Lembre-se, estamos falando de uma atividade que só foi legalizada no Brasil em 2018. Pode parecer um crescimento grande demais, mas há uma explicação óbvia:

Acontece que a legalização das casas de apostas só aconteceu em 2018 no Brasil, mas as casas de apostas já existiam a muito tempo em outros países. Essas casas de apostas bem estabelecidas só precisaram criar uma campanha de marketing agressiva para cair nas graças dos brasileiros.

 

Considerações finais

Bom, não há duvidas de que as casas de apostas esportivas vieram apra ficar no Brasil. Há dinheiro demais para ser feito por empresas e pelo governo para isso ser ignorado. Isso pode ser o primeiro passo para a legalização dos jogos de azar. Talvez no futuro, lugares como Rio de Janeiro passem a ter ares de Las Vegas.