19644

MILAGRE :Jovem sobrevive após ter pescoço e crânio perfurado por peixe-agulha

O adolescente indonésio sobreviveu após ter o pescoço e a parte de trás do crânio perfurados por um peixe-agulha. Muhammad Idul, de 16 anos, estava pescando com os pais nas águas de Buton, na província de South Sulawesi, no sábado (18/01/2020) ,
quando o animal saltou para fora da água e o atingiu. As informações são do Daily Mail.

Imagens fortes divulgadas na internet mostram como o focinho longo e delgado do peixe atravessou o pescoço do jovem. De acordo com o jornal indonésio Antara News, Idul foi levado às pressas para o Hospital Wahidin Sudirohusodo.

Ele passou por uma delicada e arriscada cirurgia dois dias depois do incidente. O procedimento durou cerca de duas horas e envolveu três cirurgiões e dois anestesistas.

A principal preocupação dos médicos era por conta da região atingida, onde há grandes vasos. Um diretor geral do hospital contou que o estado de saúde dele é relativamente estável, porque ele ainda apresenta febre. Muhammad Idul segue internado para evitar uma infecção.

Publicidade


Rápido e perigoso

O peixe-agulha é o nome dado a mais de 60 espécies da família Belonidae. A principal característica dos belonídeos são as mandíbulas alongadas, que lembram o formato de agulhas. Eles possuem dentes afiados, capazes de causar feridas profundas.

Saltadores hábeis, os peixes-agulha podem dar saltos para fora da água a uma velocidade de até 60km/h. Há poucos registros de ataques fatais envolvendo esta espécie em todo o mundo, mas há diversos em que pessoas saíram gravemente feridas.

Segundo o Daily Mail, um garoto havaiano de 10 anos morreu enquanto pescava à noite com o pai em 1977, depois de ser atacado por um peixe-agulha que perfurou seu olho e cérebro.

O cadete da marinha tailandesa Kriangsak Pengpanich, 22, morreu em dezembro de 2018 quando um espécime picou seu pescoço durante um exercício de treinamento.

Fonte: Metropoles

Comentários