Advogada de Cerejeiras morre durante cirurgia para tratar aneurisma cerebral

O corpo da advogada tem previsão de chegar às 22 hs na Capela Mortuária de Cerejeiras.

897

A advogada Aline Gader Malacarne, 37 anos, que permaneceu internada por 10 dias no hospital de Ji-Paraná, após ser diagnosticada com aneurisma cerebral, faleceu na manhã de terça-feira (03).

A advogada passou por uma delicada cirurgia, sofreu 3 paradas cardiorrespiratórias e não resistiu. Aline Malacarne foi servidora da Defensoria Pública de Cerejeiras, onde atuou como assistente jurídica do órgão e atualmente estava advogando e atendendo seus clientes em escritório particular. O corpo dela foi sepultado na cidade de Cerejeiras, na quarta, 4.

Aline era atuante em causas sociais e participava ativamente do conselho escolar da escola Mundo da Criança, onde os filhos estudam.

A advogada deixa esposo e dois filhos menores, uma menina de 7 anos e um menino de 5 anos.