Eddie Van Halen, um dos maiores guitarrista do mundo, morre aos 65 anos

Lendário guitarrista e fundador da banda Van Halen morreu depois de uma longa luta contra um câncer na garganta, segundo o site TMZ.

128

Eddie Van Halen, o lendário guitarrista e fundador da banda Van Halen, morreu aos 65 anos nesta terça-feira (6) depois de uma longa luta contra um câncer na garganta.

“Não acredito que tenho de escrever isso, mas meu pai, Edward Lodewijk Van Halen, perdeu sua longa e árdua batalha contra o câncer esta manhã. Ele era o melhor pai que eu poderia ter pedido”, escreveu o filho do guitarrista, Wolfgang Van Halen, em suas redes sociais.

“Cada momento que compartilhei com ele no palco e fora dele foi um presente. Meu coração está partido e eu não acho que jamais me recuperarei totalmente dessa perda. Eu te amo muito, pai.”

Eddie Van Halen foi um dos maiores guitarristas de rock da história e fundou em 1972 junto com o seu irmão, Alex, a banda batizada dois anos depois com o sobrenome deles.

Ele nasceu em Amsterdã, na Holanda, mas se mudou ainda criança com a família para a Califórnia, nos EUA.

Na segunda metade da década de 1970, o Van Halen começou a se destacar na cena de rock de Los Angeles. Eles lançaram o disco de estreia em 1978.

O auge da banda veio com o disco “1984”, que naquele ano rendeu uma indicação ao Grammy e levou o single “Jump” a ser o primeiro e único da banda no primeiro lugar das paradas pop dos EUA.

Em 2012, Eddie ficou em primeiro lugar em uma enquete entre leitores da revista “Guitar World” para eleger o melhor guitarrista de todos os tempos.

Ele ficou famoso tocando guitarra à frente do Van Halen, mas tem diversas participações com outros artistas. A mais conhecida é em “Beat it”, um dos maiores hits de Michael Jackson.

Gene Simmons, o vocalista e um dos fundadores do Kiss, lamentou a perda. “Meu coração está partido. Eddie não era apenas um super guitarrista, mas uma alma genuinamente bonita. Descanse em paz, Eddie!”, escreveu ele em seu perfil no Twitter.

Fonte: G1