Mais de 60 kg de pescado são apreendidos e doados para hospital municipal

Peixes foram apreendidos durante fiscalização da Sedam e Polícia Militar Ambiental contra a pesca predatório no rio Guaporé

3208
Fotos: Reprodução/Conesul Acontece

Aproximadamente 60 quilos de pescado apreendido em situação irregular foram doados para o Hospital Municipal de Cabixi (RO). Os peixes de várias espécies foram apreendidos esta manhã de quinta-feira, 23 de abril, por fiscais da SEDAM (Secretaria de Estado do Desenvolvimento Ambiental) e agentes da Polícia Militar Ambiental durante fiscalização que vem ocorrendo contra a pesca predatório no rio Guaporé. Os responsáveis pelo crime foram autuados.

De acordo com policiais ouvidos pela reportagem, desde o início do período de quarentena, decretada em Rondônia por causa da pandemia do novo coronavírus, muitas pessoas se deslocaram para propriedades rurais. No Cone Sul, onde muitas famílias possuem casas de veraneio às margens do rio Guaporé, a fuga, no entanto, trouxe o problema da pesca predatória.

De acordo com a Lei de Crimes Ambientais nº 9.605/98, dependendo das circunstâncias, dentre outras punições, o criminoso estará sujeito a multas e apreensão de equipamentos e embarcação. Os fiscais da Sedam e policiais garantem que a fiscalização no rio Guaporé e em outros rios da região serão intensificadas.

Comentários