Cabixi: Gerente de fazenda ameaça homem após causar acidente, “Se quiser vamos sair no tiro, mas eu não pago nada”

A vítima ficou com medo de registrar um boletim de ocorrência pois o gerente tem fama de andar armado

6028
(imagem: ilustrativa)

Na manhã da última terça-feira (20), compareceu à delegacia do município de Cabixi, a vítima M. F. d S. relatando que no dia dia(17/07) se envolveu em um acidente de trânsito na área rural da região e que o responsável pela batida o ameaçou dizendo que sairia no tapa ou tiro se a vítima insistisse em cobrar pelo dano material causado. 

De acordo com a ocorrência, a vítima seguia com seu veículo Gol, cor vermelha, pela estrada que dá acesso a Vila Neide, quando em uma curva na estrada, exatamente em a porteira da Fazenda Ideal, se deparou com o veículo Fiat/ strada, cor branca, conduzido por um fazenda na região, o qual dirigia em alta velocidade e chocou-se contra o seu Gol.

A vítima relatou que ao se aproximar da esquina diminuiu a velocidade, e mesmo se deslocando o máximo para o acostamento da via, o gerente bateu em seu carro. Após a batida, a vítima tentou um diálogo com o infrator porém o gerente alegou que a culpa seria da vítima, logo após usou a desculpa que estava comendo um salgado porém em instantes trocou a fala dizendo que a culpa seria da poeira da estrada. 

Diante disso, a vítima sugeriu um acordo entre ambos, pois se chamasse a polícia a situação ficaria feia para o gerente, já que ele apresentava sinais de embriaguez, logo após, o homem ficou revoltado e disse, “ Se você quiser sair no braço, no tapa ou no tiro vamos, mas eu não vou pagar nada”, alterado. 

A vítima, diante da ameaça, ficou com medo, uma vez que ele é gerente de uma propriedade da região, conhece muitos peões e tem fama de andar armado e não registrou o boletim de ocorrência. 

Por fim, informa que seu veículo Gol ficou com a lanterna e farol lado esquerdo danificado, para-choque lado esquerdo e para-lama lado esquerdo danificados. Já o carro Fiat Strada danificou o para-choque dianteiro ao meio, capô e radiador. 

Na data do dia (20/07) o boletim foi registrado para medidas cabíveis serem tomadas.