Pais abrem caixão de bebê durante sepultamento e descobrem serragem no lugar do corpo

6716

O casal Larissa Gabrielly de Oliveira Richeter, de 19 anos, e Eduardo Jangada, de 18, tiveram uma surpresa bastante traumática no último sábado (30) em Imbaú, nos Campos Gerais do Paraná, durante o sepultamento de sua filha bebê: Ao abrirem o caixão durante a cerimônia os pais não encontraram o corpo da criança, e sim um monte de serragem.

Devido a um problema que Larissa sofreu em sua 24ª semana de gestação, a pequena Helena – como ela seria nomeada – acabou morrendo e a gestante teve que ser submetida a um procedimento de remoção do natimorto em um hospital particular de Ponta Grossa.

Devido ao estado já avançado de formação da criança, a família iria realizar os procedimentos de sepultamento da criança na cidade de Imbaú. O pequeno caixão foi entregue pelo hospital e seguiu com a funerária do município, que realizaria a cerimônia.

Foi então que, com intenção de colocar uma roupinha no bebê antes de sepultá-lo, os pais abriram o caixão e encontraram um monte de serragem no lugar da criança.

“A dor de enterrar um filho já é enorme. A gente aqui esperando a Helena chegar, pra enterrar um filho. Uma dor enorme. Abrimos o caixão e só tinha serragem. Não desejo essa dor pra pai nenhum”, desabafou Eduardo, pai da criança.

Após o choque, os pais retornaram ao hospital e encontraram o corpo da criança no necrotério. Sem explicações sobre o que poderia ter acontecido, eles levaram o cadáver novamente até o cemitério e finalmente sepultaram a pequena Helena.

O casal ainda informou que irá entrar com uma ação contra o hospital devido ao episódio tão traumático.

 

FONTE: OBEMDITO.COM.BR