Idosa de 108 anos abre mão de ser vacinada: ‘Deixo para quem pode viver mais’

“Eu já vivi tanta coisa nessa vida, com quase 109 anos, que prefiro dar a vacina para alguém mais novo, que ainda pode viver mais do que eu posso”, disse a idosa.

1196

Brasil – Dona Hilda Cândida, de 108 anos seria a primeira pessoa a ser vacinada em Rio das Flores, cidade do Sul Fluminense, mas surpreendeu ao abrir mão da vacina da covid-19. “Eu já vivi tanta coisa nessa vida, com quase 109 anos, que prefiro dar a vacina para alguém mais novo, que ainda pode viver mais do que eu posso”, disse a idosa.

Durante a pandemia, a idosa está isolada em casa, sem ver amigos, e conta com apoio de um neto, com quem divide o terreno.

Ela contou que enfrenta dores crônicas nas pernas e recebe visita de médicos e enfermeiros periodicamente em casa.

Ainda muito lúcida, Dona Hilda não perde o bom humor e garante ter tido uma vida aproveitada. “Eu adoro brincar, rir, a vida é boa assim. Quando fiquei dias internada no hospital, as enfermeiras nem queriam que eu fosse embora. Diziam que eu era a alegria por lá”.

Apesar de recusar a vacina, ela disse que seguirá mantendo todas as medidas de prevenção à covid-19.

 

 

FONTE: PORTAL CM7