ATILA IBÁÑEZ – COLUNA DO DIA 12 DE JUNHO DE 2020

608

▓ ▓ ▓

Johnny Mendes França, filho de Lélio Ibáñez França e Edileuza Mendes. Sobrinho deste colunista. O jovem guajaramirense esteve de aniversário dia 4 de junho.

Publicidade


Johnny é Engenharia Florestal, estudou na Instituição de ensino FARO. Desejamos ao Engenheiro muitos anos de vida e que Deus esteja sempre ao seu lado comandando os caminhos que deve caminhar.

!Cumpleãnos Feliz! !Cumpleãnos Feliz! !Cumpleãnos Feliz! !Cumpleãnos Feliz!

▓ ▓ ▓

▓ ▓ ▓

Caminhando, sempre! O pré-candidato Dalterson Vieira esteve visitando a professora Jacira Cardoso.

A conversa foi rápida. Nesses tempos de pandemia tem que ser dessa forma. Sempre com máscara e álcool gel para a proteção de todos.

Para a professora Jacira Cardoso, nosso respeito e admiração. Pela profissão e responsabilidade que detém pelos alunos.

▓ ▓ ▓

▓ ▓ ▓

▓ ▓ ▓

Depois de muitos anos residindo em Cerejeiras, voltou a Vilhena o compositor, cantor, funcionário público, Rudi Ebert.

Nos anos 😯 este colunista grava o seu primeiro disco. Um compacto duplo com letras de três compositores; Claudio Pinheiro “Albertino Lavrador” – “O fio da Faca”.

O compositor; advogado, Luiz Antônio Rocha e Geraldinho gravei no compacto “Eu sou do Mato”, e; composição própria “E.F.M.M – Estrada de Ferro Madeira Mamoré”

Depois da gravação do compacto; Rudi Herbert grava seu LP com belíssimas canções; “Amor verdadeiro” – “Levante a Cabeça” e outras. Em seguida grava um LP – Zé Lino; um gaúcho que tocava sua sanfona como ninguém; seu maior sucesso – “O Chinelão”.

O nosso eterno e representante da música vilhenense grava o seu LP – Mário Mileo, depois o transforma em CD – o primeiro a gravar em CD. Seu LP; traz na capa como título “Cavaleiro Andante” uma das canções que eu mais gosto.

A cultura em Vilhena nos anos 8O, 9O era forte e pujante. Um pequeno resumo da cultura dos anos 😯 em Vilhena. Tínhamos muitos músicos, cantores, compositores.

A cantora Márcia Aranda era uma delas. Parabéns a todos. Àqueles que fizeram e desenvolveram a cultura de nosso município e estado. O Rudi ainda pode contribuir, e; muito para a música de Vilhena.

▓ ▓ ▓

▓ ▓ ▓

Brás Santos – Pitt Bull. Mais uma aniversário. O jovem é Diretor do Aplicativo MOB Luxo.

Em nome dos profissionais do volante. Todos desejam ao Sócio/Diretor muitos anos de vida. Que venham outros aniversários pela frente.

Quem sabe? No próximo niver o diretor possa comemorar com uma grande festa para a família MOB Luxo.

▓ ▓ ▓

▓ ▓ ▓

Aniversariante do mês. Tonhão Cruz; grande músico lá de Guajará-Mirim-RO. Seu aniversário aconteceu dia 11 de junho.

 Nós que o conhecemos o Tonhão, agradecemos ao mesmo, por todos esses anos que nos proporciona alegria, levando sua música e seu canto por todos os lugares.

Para o cantor e músico Tonhão desejamos muitos anos de vida e que Deus continue a protege-lo nessa caminhada. Sucesso! Meu irmão. Sempre!

▓ ▓ ▓

▓ ▓ ▓

Almir Ferreira, e sua esposa Neiva Baltazar de Souza – são destaques em nossa coluna social. Almir faz parte do Aplicativo MOB Luxo. Agradeço os peixes a mim presenteado. Peixe de rio, o sabor é outro.

Desejamos ao casal vida longa e que o amor esteja sempre presente em suas vidas. Que Deus os protejam sempre. Um feliz dia dos namorados.

▓ ▓ ▓

▓ ▓ ▓

Derival Marcião, trabalha na empresa Governo do Estado de Rondônia. Estudou na instituição de ensino administração. Mora em Porto Velho, é; lá Santarém (Pará).

O grande violonista esteve de aniversário. Parabéns pelo seu dia. Fica aqui registrada a minha homenagem.

 

Chora, Chorinho, Chorado

“Homenagem ao Músico Derival Marcião”

Chora, chorinho, chorado, no violão sete cordas do violonista Marcião Derival.

As cordas choram, o chorinho chorado, no braço do violão sete cordas, serenado nas madrugadas do Derival Marcião.

Os raios de lua, iluminam os dedos sagrados, tocados nas cordas do pinho nas serenatas.

Um choro, chorinho, chorado, consagrado, do violonista Derival Marcião”.

▓ ▓ ▓

▓ ▓ ▓

Delmiro de Pinho Silva, funcionário público na empresa Governo do Estado de Rondônia. Em1O de junho o vilhenense esteve de aniversário. Mora em Vilhena, é de Corumbá-MS.

Desejamos para o Delmiro muitos ambos de vida. Cantaremos sempre os parabéns pra você.

Seja feliz, festeje sempre a data. Fica com Deus. ELE é o Caminho.

▓ ▓ ▓

▓ ▓ ▓

Minha amiga lá de Guajará-Mirim-RO. Conhece muito da cultura de Rondônia. Silvana Pimentel. Trabalha na Escola Senador Aragão. Nosso respeito e admiração.

Sempre protegido; o pré-candidato Dalterson Vieira. Uma conversa descontraída com a funcionaria e artista Silvana. A caminhada continua. Palavras de Dalterson.

▓ ▓ ▓

Ronnie Von

Apresentador e cantor brasileiro.

Por Dilva Frazão

Ronnie Von (1944) é um apresentador, cantor e empresário brasileiro. Na década de 60 recebeu o apelido de “Pequeno Príncipe”. De segunda a sexta, ele apresenta na TV Gazeta o programa “Todo Seu”.

Ronnie Von (1944), nome artístico de Ronaldo Lindenberg Von Schilgen Cintra Nogueira, nasceu em Niterói, Rio de Janeiro, no dia 17 de julho de 1944. Filho do diplomata José Maria Nogueira e de Noely Lindenberg Von Schingen, com 15 anos entrou para a Escola Preparatória de Cadetes do Ar de Barbacena. Com 17 anos fez seu primeiro voo sozinho em um Folker T-21. Concluído o curso, ingressou na Faculdade de Economia.

Iniciou sua carreira de cantor se apresentando no bar Beco das Garrafas. Em 1963, com apenas 19 anos, casou-se com a jornalista Aretuza, com quem teve um casal de filhos. Em 1966 lançou seu primeiro disco que começou a fazer sucesso com a gravação da versão de uma música dos Beatles, intitulada “Meu Bem”. Nessa época, recebeu da apresentadora Hebe Camargo, o apelido de “Pequeno Príncipe”.

Em 1966, Roberto Carlos era o grande astro da Jovem Guarda e apresentava um programa, aos domingos, na TV Record. Ronnie Von que estava começando e amparado pela beleza, ganhou um programa aos sábados na mesma TV Record, “O Pequeno Mundo de Ronnie Von”.

Em seu programa, Ronnie Von levava iniciantes na música, entre eles, Gal Costa, Gilberto Gil e Caetano Veloso. A banda de apoio do programa era formada pelos irmãos Batista e por Rita Lee, que em breve formariam o grupo Os Mutantes, nome dado por Ronnie, que na época estava lendo O Império dos Mutantes.

Em 1967 lançou seu segundo disco que alcançou grande sucesso com a música “A Praça”, de autoria de Carlos Imperial. Os dois discos seguintes foram um fracasso comercial, por serem radicais e psicodélicos, no qual ele cantava em meio a ruídos e arranjos do maestro vanguardista Damiano Cozzella. No fim dos aos 70 se agarrou a um repertório convencional e fez grande sucesso com as músicas “Tranquei a Vida” e “Cachoeira”.

No final dos anos 70 seu casamento termina, Aretuza vai embora e deixa as duas crianças, de 5 e 6 anos para Ronnie cuidar. Segundo ele, o trauma foi tão grande que desenvolveu uma doença neurológica que o deixou em cima da cama durante um ano. Depois de recuperado, dedicou-se a criação dos filhos e da experiência escreveu o livro “Mãe de Gravata”.

Depois de outras experiências amorosas, Ronnie Von está casado com Maria Cristina, a Kika, desde 1986 e com ela teve seu terceiro filho. Desde 2OO5 apresenta diariamente o programa “Todo Seu”, na TV Gazeta.

▓ ▓ ▓

BOLA CHEIA – Para a Prefeitura de Vilhena. O asfalto de da 1º de maio é a razão da BOLA CHEIA. Os moradores da rua esperaram mais de 3O anos para ver a rua asfaltada.

Temos que elogiar a coragem do prefeito Eduardo Japonês pela atitude. Nós sabemos que o dinheiro é do povo. Mas o gestor tem que tomar alguma atitude. Ele tomou. Por isso, parabéns!

▓ ▓ ▓

BOLA MURCHA – Para essa pandemia. Não só para o corona vírus. Mas, para àqueles que não se conscientizam de que devem ficar em quarentena.

Quando sair de casa, tomar todos os cuidados necessários quando sair para as ruas.

Nada de festinhas particulares com mais de três pessoas. Vamos cuidar. Tudo isso vai passar e você voltará a sorrir.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Comentários