Sicoob Credisul participa da entrega técnica do secador da Copama em Cerejeiras (RO)

384

A Sicoob Credisul participou da entrega técnica da Unidade de Recebimento, Secagem e Armazenamento de Grãos da Copama, em Cerejeiras (RO). A entrega foi realizada na manhã de sábado, 19/12, com uma cerimônia restrita, seguindo as orientações de medidas preventivas ao Covid-19. O evento ocorreu no local da própria obra, no quilômetro 11 da BR-435. Estiveram presentes a diretoria da Copama, o presidente da Sicoob Credisul, Ivan Capra, o presidente da Sicoob Credip, Oberdan Ermita, e a prefeita de Cerejeiras, Lisete Marth.

A obra foi construída com recursos dos próprios produtores, na ordem de 40%, e com 60% com recursos do BNDES, via Sicoob Credisul, financiados num prazo de 15 anos. O valor da obra ultrapassou a casa dos R$ 12 milhões.

Ao tomar a palavra, o presidente da Sicoob Credisul, Ivan Capra, falou da importância da obra para a região e incentivou a todos os presentes para fazerem seus negócios através das cooperativas. “O cooperativismo é a terceira via econômica. É a alternativa para que todos ganhem e que cresçam juntos”.

Já o presidente da Copama, Fabio Andreazza, ressaltou a importância da obra para a agricultura da região do Cone Sul de Rondônia e disse que a construção do secador é um marco do cooperativismo do Norte do Brasil. “Uma obra como está demostra a união dos cooperados da Copama, que unem forças para resolver seus próprios problemas. Destacamos também a importantíssima contribuição da diretoria da Sicoob Credisul para esta obra, que intermediou o financiamento junto ao BNDES, confiando na gente e dando o seu aval”, disse o presidente da Copama.

O descerramento de placa foi feito por dois pioneiros do cooperativismo na Copama. O ex-presidente da cooperativa, pecuarista Carlos Eduardo Polo Sartor, e Rubens Bettine, produtor e cooperado. Foram homenageados pelo Mérito Cooperativista o jovem agrônomo André Luiz Vendrusculo, por trazer informações do campo que possibilitaram a união dos cooperados para a construção do secador, o produtor Claudiney Demarco, por ser o incentivador da ideia, e o cooperado pioneiro Rubens Bettine, que num momento de indecisão foi o primeiro a se manifestar que iria investir na obra, incentivando os demais cooperados a fazerem o mesmo.

O secador da Copama entregue na cerimônia atende às necessidades do cooperado. A estrutura foi feita para receber ampliações futuras, que certamente serão necessárias devido ao franco crescimento da cooperativa e aos constantes e progressivos investimentos que a Copama tem feito em assistência técnica para os cooperados, o que resultam em aumento da produtividade geral.