Produtores de leite fazem protesto na BR-364 em Rondônia

Protestantes reclamam do baixo preço pago pelas empresas e da falta de intervenção do Estado.

340

Produtores de leite fizeram ato público nesta segunda-feira (26) em Jaru, protestando contra o baixo preço pago pelas empresas de laticínios de Rondônia. Em alguns momentos, os produtores bloquearam a ponte sobre o rio Machado, na BR-364, na entrada da cidade, causando congestionamento de veículos. Após a liberação da pista, os produtores continuaram mobilizados nas margens da rodovia.

As empresas estão pagando R$ 1,20 por litro, quebrando o acordo anterior firmado com os produtores e instituições ligadas ao agronegócio. Os produtores querem no mínimo R$ 1,60 por cada litro de leite. Segundo o coordenador do movimento, o produtor Rui Barbosa de Souza, até o momento não houve acordo.

Na semana passada, em alguns municípios, a Polícia Militar fez escolta aos caminhões que furaram os bloqueios para coletar leite em propriedades rurais. O apoio da PM às empresas foi visto pelos produtores como desinteresse governamental pelo problema, o que poderia quebrar a cadeia produtiva.

Com a não entrega de leite às empresas continuam os protestos em diversos municípios.