Conab vai em missão à Holanda para desenvolver tecnologia do mercado atacadista brasileiro

308

De olho no aprimoramento das práticas de comercialização nas Centrais de Abastecimento (Ceasas), a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) vai à Holanda nesta segunda-feira (10), representada pelo presidente Newton Araújo Silva Júnior, para promover o intercâmbio entre os dois países e estreitar as parcerias na melhoria de processos de gestão dos entrepostos. Entre os objetivos está a apropriação de tecnologias de comercialização dos produtos in natura, em especial, de frutas e hortaliças.

A agenda da Missão Comercial de Agrologística e Importação de Produtos Hortigranjeiros envolve também o interesse do país em ampliar o comércio de seus produtos, uma vez que a Holanda é referência na colheita e comercialização de frutas e legumes no continente europeu. A decisão da visita seguiu acertos de encontros passados, dos quais participaram representantes do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Conab, Ceasas e da própria embaixada holandesa em Brasília.

No programa da viagem, constam visitas a organizações holandesas representativas do setor agrícola, como o entreposto de comercialização (The Grenery Fruit and Vegetable Auction House) que tem semelhança com as Ceasas brasileiras, além do sistema multimodal de importação e exportação de produtos agrícolas do porto e aeroporto de Roterdan, entre outros.

Por fim, o roteiro inclui a observação de modelos de tecnologia de processamento de embalagem e refrigeração, com visitas a empresas à frente dessa técnica de preparação de frutas e vegetais, com soluções de embalagem, armazenamento, refrigeração e exportação. A missão deve garantir ao Brasil uma troca de conhecimentos sobre a redução de perdas de alimentos, a modernização dos equipamentos de transporte e a exposição e comercialização de mercadorias.

Publicidade


Comentários