Conab inclui maracujá e inhame de dois estados na lista de bônus do PGPAF

172
Foto: Reprodução

O cará/inhame do estado do Espírito Santo é um dos produtos que passará a receber o bônus do Programa de Garantia de Preços para a Agricultura Familiar (PGPAF) neste mês de fevereiro. A inclusão é devido à boa produtividade que gerou aumento da oferta e redução no preço para o pequeno produtor da região. Outro item que passa a integrar a relação deste mês é o maracujá da Bahia. O produto já recebe o benefício em Sergipe e no Ceará.

O cálculo fica a cargo da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), que leva em conta o preço de garantia sobre o valor médio praticado no mercado. São contemplados aqueles produtos cujos preços ficaram abaixo da média de mercado. O bônus dá direito a desconto nas parcelas de financiamento do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf).

O benefício tem vigência de 10 de fevereiro a 9 de março. Pela lista, os itens que permanecem com o bônus este mês são a banana (RR, AL, PB e PE); abacaxi (SE); castanha-de-caju (AL, BA, MA, PB, PE e PI); manga (RJ, SP); maracujá (CE e SE); raiz de mandioca (RO). Por outro lado,  saem da lista a banana (CE); borracha natural (BA), castanha-de-caju (CE); manga (BA e GO); mamona (CE); e borracha cultivada (BA).

No caso da castanha-de-caju, a permanência do bônus nas regiões citadas deve-se à pouca disponibilidade de produto devido à entressafra, o que inviabiliza o deslocamento dos maiores compradores às regiões produtoras e diminuiu fortemente a demanda, que forçou os preços para baixo.

O maior desconto será para a manga (SP), 48,76%, seguido pela banana (RR), com 40,32%. A relação completa foi divulgada na sexta-feira (5). Clique aqui e acesse a lista completa publicada no Diário Oficial.

 

Fonte: Conab