Campanha de declaração de rebanhos em Rondônia inicia no próximo dia 1º e vai até 31 de maio

328

No dia 1º de maio a Agência de Defesa Sanitária Agrosilvopastoril (Idaron) dará início à primeira etapa da campanha de declaração obrigatória de rebanhos, com foco nas produções de bovinos, bubalinos, suínos, caprinos e ovinos (animais suscetíveis à febre aftosa), além de equídeos e aves, de 2022. A orientação é para o produtor rural, sendo destacado que o prazo para declaração é até 31 de maio. Dê preferência a declaração on-line, no site da Agência (www.idaron.ro.gov.br), com acesso liberado a partir do dia 1º de maio.

Vale lembrar que a declaração é uma etapa importante para que Rondônia mantenha o status internacional de área livre de febre aftosa sem vacinação, com reconhecimento da Organização Mundial da Saúde Animal – OIE.

“É de extrema importância que o produtor faça a declaração dos rebanhos, para que a Idaron mantenha atualizado o banco cadastral de dados. Esse é um dos compromissos que integra a política de responsabilidades compartilhadas”, acentua o presidente da Agência Idaron, Júlio Cesar Rocha Peres.

Além das pontuações relacionadas a atualização dos rebanhos, serão levantadas informações de produção de leite, peixe/pescados, cacau, cupuaçu e café, com perguntas diretas e simples para que as informações referentes a essas culturas possam ser atualizadas.

Sobre as outras culturas a serem declaradas, ele afirma que tratarem-se de informações que sempre fizeram parte das campanhas oficias da Idaron, de extrema importância para o fomento da atividade agropecuária no estado. “São dados que permitem sabermos em quais regiões estão concentradas tais culturas”, destacou.

FONTE: Secom