Parapeito cede e estudantes morrem após caírem do 4º andar em universidade

8164

Pelo menos sete estudantes morreram na terça-feira, 02, ao caírem do quarto andar da Universidade Pública de El Alto (Upea), na Bolívia, depois que uma grade se quebrou. A distância para o solo era de 15 metros. Os jovens estavam participando de uma assembleia extraordinária, que foi convocada pelo Centro Estudantil, quando um empurra-empurra começou e a grade de proteção não aguentou.

O comandante da polícia, Jhonny Aguilera, confirmou que o número de estudantes mortos é de sete, quatro homens e três mulheres, e que as idades variavam entre 19 e 27 anos. Segundo ele, 11 pessoas caíram após a quebra da grade, mas uma delas conseguiu se jogar no terceiro andar.

Sobre a investigação do acidente, Aguilera declarou que primeiro é preciso estabelecer as causas que levaram à reunião, já que encontros do tipo estão proibidos como medida de combate à pandemia do coronavírus. O comandante afirmou que a polícia analisará os vídeos fornecidos pela universidade em que duas mulheres são vistas brigando, e uma delas cai e morre.

A outra moça será intimada a depor nas próximas horas. No momento do acidente, três estudantes morreram devido ao impacto, enquanto os outros quatro faleceram nos hospitais. Outros feridos permanecem internados sem condições informadas.

 

FONTE: JOVEM PAM