Notícia publicada às 09:24:42 - 12/07/2018 e lida: 626 vezes   
    
  
  
Casos de Sarampo faz Hemocentro entrar em alerta e pedir doações
Estado lançou campanha para conter possível surto da doença e vacinação torna doador inapto por 30 dias

Casos de Sarampo faz Hemocentro entrar em alerta e pedir doações
Casos de Sarampo faz Hemocentro entrar em alerta e pedir doações
Foto: Renato Spagnol

Por
Redação

Rondônia registrou nas últimas semanas casos de Sarampo, sendo um deles em Vilhena, com isso a Agência Estadual de Vigilância em Saúde (Fiocruz), deu início a ações e deflagrou uma campanha de vacinação para inibir um possível surto da doença, que estava erradicada há quase 20 anos no estado. A medida visa proteger a população, mas pode afetar os bancos de sangue, como o Hemocentro de Vilhena, que atende pessoas do Cone Sul e de cidades do Mato Grosso.

A Assistente Social Michele Toledo, do Hemocentro, faz um alerta: “a imunização deixa o doador inapto por 30 dias, e é preciso que as pessoas doem sangue antes de tomar a vacina”.

O Hemocentro enfrenta baixa no estoque desde o último mês de maio: “pedimos aos nossos doadores que venham até o Hemocentro e façam suas doações para depois tomarem a vacina contra o Sarampo, pois estamos com o estoque baixo, e somos o único banco dessa região”, frisa Michele Toledo.

Desde o dia 06 de junho a unidade ampliou o seu horário de funcionamento para atrair doadores. Os novos horários são definitivos e mais flexíveis para atender aquelas pessoas que trabalham durante o dia: na segunda, quarta e quinta-feira, o atendimento é das 7h às 18h30, sem pausa para intervalo, e na terça e sexta-feira, o atendimento vai das 7h às 12h.

Veja mais

O Hemocentro está localizado na BR-174 (Av. Jô Sato), Jardim América, anexo ao Hospital Regional.

 

 

FONTE: Vilhena Notícias

 

 


 


 

 COMENTÁRIOS
 

ATENÇÃO: Comentários ofensivos e que façam a apologia a crimes serão ocultados. O internauta do VILHENA NOTÍCIAS que se sentir ofendido pode requerer a ocultação do comentário. A Constituição Federal permite a publicação do livre pensamento de qualquer cidadão, desde que não seja de forma anônima, por isso, comentários provenientes de perfis "fake" ou "falsos" podem ser ocultados e bloqueados. Comente, compartilhe sua opinião, mas de forma moderada.