Notícia publicada às 18:19:12 - 08/07/2018 e lida: 2320 vezes   
    
  
  
Em Chupinguaia homem mata esposa com facada no pescoço na frente da filha de 2 anos
A motivação do crime deverá ser revelada com a prisão do acusado

Em Chupinguaia homem mata esposa com facada no pescoço na frente da filha de 2 anos
Em Chupinguaia homem mata esposa com facada no pescoço na frente da filha de 2 anos
Foto: Reprodução

Por
Redação

Anna Karolyne dos Santos, de 19 anos, morreu pelas mãos do próprio marido, depois de ser assassinada na frente da filha de dois anos, com uma facada no pescoço. O crime praticado, segundo a polícia, por Luan Wudasck do Nascimento, de 23 anos, este domingo (8), durante a madrugada, chocou a população de Chupinguaia, cidade com pouco mais de oito mil habitantes no Cone Sul de Rondônia.

O crime aconteceu em um condomínio fechado na região central da cidade, e foi informado aos policiais pelo próprio pai do suspeito, que chegou até o quartel alegando que filho chegou em sua casa muito assustado, com a filha de dois anos nos braços, dizendo que era para ele cuidar do neto, pois havia acabado de matar a esposa e que estava indo embora, mas retornaria.

A Polícia Militar foi até a casa do casal e encontrou a mulher sem vida. Segundo o perito criminal, a vítima teve um corte profundo na região atrás do pescoço, fazendo com que a mulher sangrasse até a morte.

Policiais militares realizaram buscas em toda a cidade, mas até esta tarde Luan não havia sido encontrado. A motivação do crime deverá ser revelada com a prisão do acusado.

 

 

FONTE: Vilhena Notícias/Informações do Rondoniaovivo

 

 


 


 

 COMENTÁRIOS
 

ATENÇÃO: Comentários ofensivos e que façam a apologia a crimes serão ocultados. O internauta do VILHENA NOTÍCIAS que se sentir ofendido pode requerer a ocultação do comentário. A Constituição Federal permite a publicação do livre pensamento de qualquer cidadão, desde que não seja de forma anônima, por isso, comentários provenientes de perfis "fake" ou "falsos" podem ser ocultados e bloqueados. Comente, compartilhe sua opinião, mas de forma moderada.