Notícia publicada às 16:43:50 - 04/07/2018 e lida: 749 vezes   
    
  
  
Após saída de Carlos Goebel, servidor de carreira assume residência do DER em Vilhena
A transição de cargos foi realizada pelo diretor-operacional,Thiago Fajardo.

Após saída de Carlos Goebel, servidor de carreira assume residência do DER em Vilhena
Após saída de Carlos Goebel, servidor de carreira assume residência do DER em Vilhena
Foto: Sabrina Mathias/Secom

Por
Redação

Servidor de carreira, Luiz Carlos Espanholi é o novo residente regional do Departamento de Estradas de Rodagem, Infraestrutura e Serviços Públicos (DER) em Vilhena pela segunda vez. Espanholi assumiu ontem (3), no lugar de Carlos Goebel, que pediu exoneração para tratar de assuntos particulares. A transição de cargos foi realizada pelo diretor-operacional,Thiago Fajardo.

Luiz Espanholi foi aprovado no concurso do DER realizado em 2010, na função de motorista, mas assumiu o cargo em 2013. Antes, como servidor comissionado foi chefe da Regional do DER em Vilhena nos anos de 2009 e 2010. Também teve passagem como residente regional do DER em Ji-Paraná, em 2011.

Thiago Fajardo enalteceu o trabalhou desenvolvido pelo ex-residente Carlinhos Goebel, que deixou o cargo por vontade própria, após quase três anos à frente da regional. “Nosso novo chefe da regional tem experiência para dar continuidade aos trabalhos que vinham sendo realizados”, afirmou Fajardo.

O diretor operacional destacou que a escolha de um servidor de carreira para o comando da regional de Vilhena foi decisão do diretor-geral do Departamento, Luiz Carlos Katatal. “Estamos valorizando a mão de obra de um servidor de carreira que tem experiência suficiente, que contará com a equipe à altura das necessidades do governo de Rondônia.

 

 

FONTE: Secom - Governo de Rondônia

 

 


 


 

 COMENTÁRIOS
 

ATENÇÃO: Comentários ofensivos e que façam a apologia a crimes serão ocultados. O internauta do VILHENA NOTÍCIAS que se sentir ofendido pode requerer a ocultação do comentário. A Constituição Federal permite a publicação do livre pensamento de qualquer cidadão, desde que não seja de forma anônima, por isso, comentários provenientes de perfis "fake" ou "falsos" podem ser ocultados e bloqueados. Comente, compartilhe sua opinião, mas de forma moderada.