Notícia publicada às 16:21:36 - 04/07/2018 e lida: 557 vezes   
    
  
  
Petrobras sobe o preço do gás de cozinha em 4,4% nas refinarias
O Palácio do Planalto chegou a avaliar o repasse de um valor fixo para as famílias beneficiadas pelo programa Bolsa Família

Petrobras sobe o preço do gás de cozinha em 4,4% nas refinarias
Petrobras sobe o preço do gás de cozinha em 4,4% nas refinarias
Foto: Victor Moryama/Folhapress

Por
Redação

Dentro de sua política de reajuste trimestral do gás de cozinha, a Petrobras vai aumentar, a partir desta quinta-feira (5), o botijão de 13 kg em 4,4% nas refinarias. Com isso, o preço sobe dos atuais R$ 22,13 para R$ 23,10.

O preço para o consumidor final, porém, é bem mais salgado. Em algumas cidades o valor do botijão de 13 kg supera R$ 70,00, com o repasse de tributos e margens das distribuidoras.

Desde o início deste ano, após reclamações sobre o peso do valor do gás de cozinha no orçamento das famílias de baixa renda, a Petrobras passou a adotar uma regra de reajuste trimestral para o chamado GLP (gás liquefeito de petróleo).

Em janeiro, o valor do botijão foi fixado em R$ 23,16. Depois, em 05 de abril caiu para R$ 22,13. E a partir de amanhã sobe para R$ 23,10.

Segundo a estatal, caso fosse repassar para o preço do produto as variações do dólar e das cotações do GLP no mercado internacional registradas no último trimestre, o aumento teria de ser acima de 20%. No período, o dólar subiu 16% e a cotação internacional, 22,9%.

A política de reajuste do GLP permite, porém, compensar aumentos de custos ao longo do ano, reduzindo a volatilidade do preço do gás de cozinha.

No acumulado do ano, o GLP residencial registra uma queda de 5,2% em relação ao preço de dezembro de 2017. Alguns setores do governo defendem que o governo adote uma política de subsídio para as famílias de baixa renda para aliviar o custo do produto no orçamento familiar.

O Palácio do Planalto chegou a avaliar o repasse de um valor fixo para as famílias beneficiadas pelo programa Bolsa Família, mas a proposta não prosperou.

 

 

FONTE: Portal G1

 

 


 


 

 COMENTÁRIOS
 

ATENÇÃO: Comentários ofensivos e que façam a apologia a crimes serão ocultados. O internauta do VILHENA NOTÍCIAS que se sentir ofendido pode requerer a ocultação do comentário. A Constituição Federal permite a publicação do livre pensamento de qualquer cidadão, desde que não seja de forma anônima, por isso, comentários provenientes de perfis "fake" ou "falsos" podem ser ocultados e bloqueados. Comente, compartilhe sua opinião, mas de forma moderada.