Notícia publicada às 09:34:20 - 02/07/2018 e lida: 6035 vezes   
    
  
  
Vídeo mostra momento em que vigia de posto de gasolina é morto a tiros em Vilhena
Atirador chegou ao local de moto, após matar na vítima, fugiu.

Vídeo mostra momento em que vigia de posto de gasolina é morto a tiros em Vilhena
Vídeo mostra momento em que vigia de posto de gasolina é morto a tiros em Vilhena
Foto: Reprodução

Por
Redação

Uma câmera de videomonitoramento flagrou o momento em que Edson Antônio Pereira de Souza, de 42 anos, é baleado no posto de gasolina Sena, onde trabalhava como vigia. O crime aconteceu pouco antes das 23h de domingo, 1, de julho, na avenida Major Amarante, Centro de Vilhena.

Na imagem é possível ver um homem que chega ao posto de moto, aparentemente uma Yamaha YBR de cor verde, desce do veículo, vai em direção à vítima e dispara. São ao menos cinco tiros contra o vigia. Edson foi socorrido pelos bombeiros e morreu depois de dar entrada no pronto-socorro do Hospital Regional.

O velório, segundo familiares, aconteceu a partir das 13h30 desta segunda-feira (2), na rua Santa Terezinha, 12, Jardim Ipanema.

 

A TESTEMUNHA

No momento do crime a vítima estava sentada ao lado de um amigo usando a rede WI-Fi do posto. A testemunha contou à polícia que o atirador chegou sozinho e estava com um revólver cromado.

Ainda na noite de ontem, pessoas que estavam próximas do local disseram que dois homens teriam chegado ao posto de moto, mas no vídeo é possível identificar apenas um suspeito que atira. A Polícia Civil já está atuando no caso para investigar a autoria e motivação do crime. Uma das linhas de apuração é um possível acerto de contas entre a vítima e o atirador, pois nada foi roubado.

Vítima Edson Antônio Pereira de Souza (Foto: Reprodução/Facebook)

 

FONTE: Vilhena Notícias

 

 


 


 

 COMENTÁRIOS
 

ATENÇÃO: Comentários ofensivos e que façam a apologia a crimes serão ocultados. O internauta do VILHENA NOTÍCIAS que se sentir ofendido pode requerer a ocultação do comentário. A Constituição Federal permite a publicação do livre pensamento de qualquer cidadão, desde que não seja de forma anônima, por isso, comentários provenientes de perfis "fake" ou "falsos" podem ser ocultados e bloqueados. Comente, compartilhe sua opinião, mas de forma moderada.