Notícia publicada às 09:33:52 - 29/06/2018 e lida: 843 vezes   
    
  
  
Prefeito Adilson recebe chave do prédio onde funcionará a Casa do Parto Humanizado
Com a finalização das obras, a construtora responsável repassou os prédios para a Prefeitura de Vilhena.

Prefeito Adilson recebe chave do prédio onde funcionará a Casa do Parto Humanizado
Prefeito Adilson recebe chave do prédio onde funcionará a Casa  do Parto Humanizado
Foto: Semcom

Por
Informativo da Semcom

Após mais de dois anos de paralisação, o prefeito Adilson de Oliveira conseguiu dar continuidade à construção da Casa de Parto Humanizado, que estava sendo construída junto ao complexo relacionado às gestantes.

O local funcionará ao lado da Casa da Gestante e do Centro Cirúrgico da Gestante, que foram construídos com verbas do Governo Federal, porém, devido a falta de aditivos, estavam com as obras paralisadas, desde a gestão do ex-prefeito José Rover.

Adilson decidiu que não faria a inauguração das obras, já que ainda falta serem comprados os equipamentos para o funcionamento da instituição. Segundo representantes do gabinete do prefeito, o município já conseguiu parte da verba necessária e alguns equipamentos foram comprados. Porém, com a finalização das obras, a construtora responsável repassou os prédios para a Prefeitura de Vilhena.

"Quando nós assumimos a administração municipal, encontramos algumas
obras paradas, levantamos os processos para saber o que impedia suas conclusões e então demos início aos trabalhos necessários para que fosse possível concluí-los. Temos ainda mais responsabilidade agora, pois não vamos aceitar que tanto a Casa do Parto Humanizado quanto a Clínica de Ortopedia que recebemos ontem, fiquem paradas. Queremos que estejam em pleno funcionamento o quanto antes", disse o prefeito.

 

 

 

FONTE: Semcom

 

 


 


 

 COMENTÁRIOS
 

ATENÇÃO: Comentários ofensivos e que façam a apologia a crimes serão ocultados. O internauta do VILHENA NOTÍCIAS que se sentir ofendido pode requerer a ocultação do comentário. A Constituição Federal permite a publicação do livre pensamento de qualquer cidadão, desde que não seja de forma anônima, por isso, comentários provenientes de perfis "fake" ou "falsos" podem ser ocultados e bloqueados. Comente, compartilhe sua opinião, mas de forma moderada.