Notícia publicada às 22:08:06 - 23/06/2018 e lida: 1271 vezes   
    
  
  
Documentário produzido por vilhenenses alcança quase um milhão de visualizações no YouTube
O curta “Os Nambiquaras e o Ritual da Menina-moça” retrata a cultura indígena amazônica

Documentário produzido por vilhenenses alcança quase um milhão de visualizações no YouTube
Documentário produzido por vilhenenses alcança quase um milhão de visualizações no YouTube
Foto: Assessoria

Por
Redação

Os produtores culturais vilhenenses Washington Kuipers, Marcio Guilhermon e Andréia Machado têm motivos para comemorar, pois o documentário “Os Nambiquaras e o Ritual da Menina-moça” produzido por eles já alcançou quase um milhão de visualizações no YouTube.

Segundo Washington Kuipers, a produção já conta com 942.214 visualizações, mais de 100 comentários e duas mil curtidas no canal do YouTube do Serpentário Produções.

O curta metragem foi produzido em Vilhena e contemplado com o prêmio de vídeo documentário “Lídio Sohn” do Governo de Rondônia através da Superintendência da Juventude, Cultura, Esporte e Lazer (Sejucel). De acordo com Washington Kuipers, o documentário tem a duração de 27 minutos e retrata o ritual da menina-moça praticado há muitos anos pelos indígenas Nambiquaras que povoam Rondônia.

Andréia Machado afirma que foi uma surpresa agradável saber que o documentário está fazendo sucesso na internet. “Fizemos o documentário com todo amor e carinho e postamos torcendo para que ele tivesse uma boa recepção pelo público, mas não imaginávamos que ia ser tão boa assim. Estamos muito felizes e isso nos motiva a continuar produzindo. Já estamos trabalhando em outro projeto que também vai retratar a cultura amazônica”, ressaltou Andréia Machado.

O produtor cultural Marcio Guilhermon lembrou que a obra foi exibida nos municípios de Vilhena, Pimenteiras do Oeste, Ji-Paraná e Porto Velho. “Além oferecemos oficinas de audiovisual nestes municípios, tudo com objetivo de incentivar a produção de cinema em Rondônia”, disse Marcio Guilhermon.

“Espero que as pessoas continuem assistindo o documentário e que possam conhecer e valorizar a cultura amazônica”, disse Marcio Guilhermon que também informou que o filme pode ser visto através do link: 

 

 

FONTE: Assessoria

 

 


 


 

 COMENTÁRIOS
 

ATENÇÃO: Comentários ofensivos e que façam a apologia a crimes serão ocultados. O internauta do VILHENA NOTÍCIAS que se sentir ofendido pode requerer a ocultação do comentário. A Constituição Federal permite a publicação do livre pensamento de qualquer cidadão, desde que não seja de forma anônima, por isso, comentários provenientes de perfis "fake" ou "falsos" podem ser ocultados e bloqueados. Comente, compartilhe sua opinião, mas de forma moderada.