Notícia publicada às 15:31:56 - 19/06/2018 e lida: 2681 vezes   
    
  
  
Acusado de matar chacareiro por ciúme é encontrado morto com tiro na cabeça
Polícia acredita que vítima foi morta enquanto dormia.

Acusado de matar chacareiro por ciúme é encontrado morto com tiro na cabeça
Acusado de matar chacareiro por ciúme é encontrado morto com tiro na cabeça
Foto: Vilhena Notícias/Arquivo

Por
Redação

Foi morto com um tiro na cabeça Jorge Veríssimo de Souza, de 49 anos. O corpo da vítima foi encontrado esta terça-feira (19) na casa da propriedade rural onde ele era caseiro, a cerca de 50 km do perímetro urbano de Vilhena.

Peritos da Polícia Civil estiveram no local e as primeiras análises realizadas no corpo indicariam que a vítima teria sido morta enquanto dormia. A arma usada no crime foi uma espingarda, mas o calibre não foi divulgado. Ainda segundo os peritos o corpo se encontrava em estado de decomposição quando achado, o que indicaria que a morte deve ter ocorrido há mais de dois dias.

 

Vítima matou um homem

Em 2013, Jorge Veríssimo de Souza, por ciúmes, matou um homem na região de Nova Conquista.  O assassinato do chacareiro Antônio de Souza, à época com 54 anos, aconteceu no dia 28 de janeiro daquele ano. Além de matar o homem, Jorge ainda feriu a golpes de faca ex-companheira, Edna Marta Perim, então com 44 anos.

Pelo crime de homicídio a Justiça condenou Jorge a 6 anos de prisão e mais 4 anos pela tentativa de homicídio contra Edna. Em 25 de dezembro do ano passado Jorge já havia cumprido 2/3 da pena e passou ao regime semiaberto.

Relembre o crime: Homem enciumado desfere três golpes de faca na ex-amásia e mata o atual amásio em Nova Conquista

 

 

FONTE: Vilhena Notícias

 

 


 


 

 COMENTÁRIOS
 

ATENÇÃO: Comentários ofensivos e que façam a apologia a crimes serão ocultados. O internauta do VILHENA NOTÍCIAS que se sentir ofendido pode requerer a ocultação do comentário. A Constituição Federal permite a publicação do livre pensamento de qualquer cidadão, desde que não seja de forma anônima, por isso, comentários provenientes de perfis "fake" ou "falsos" podem ser ocultados e bloqueados. Comente, compartilhe sua opinião, mas de forma moderada.