Notícia publicada às 10:26:36 - 15/06/2018 e lida: 1699 vezes   
    
  
  
Concurso Polícia Federal (PF): SAIU edital com 500 vagas
As inscrições terão início no próximo dia 19 de junho.

Concurso Polícia Federal (PF): SAIU edital com 500 vagas
Concurso Polícia Federal (PF): SAIU edital com 500 vagas
Foto: Reprodução

Por
Redação

Novo concurso da PF (Polícia Federal) terá oportunidades para agente, perito criminal, escrivão e papiloscopista. Até R$ 22,1 mil

oi finalmente publicado, nesta sexta-feira, 15 de junho, o edital do aguardado concurso público da Polícia Federal (PF). Oportunidade é de 500 vagas, sendo 150 para o cargo de delegado, 60 para perito criminal, 80 para escrivão, 30 para papiloscopista e 180 para agente.

As inscrições terão início no próximo dia 19 de junho e o atendimento vai até o dia 2 de julho. Elas poderão ser feitas somente pela internet, na página eletrônica da organizadora do certame, o Cebraspe (www.cespe.unb.br).

Os valores das taxas de participação do concurso da PF são de R$ 180 para os cargos de escrivão, papiloscopista e agente e R$ 250 para perito e delegado.

De acordo com o edital da banca Cespe/Cebraspe publicado HOJE, 15 de junho, os cargos disponíveis serão os seguintes:

Cargo

Total de vagas

Ampla concorrência

Candidatos negros

Pessoas com deficiência

Agente da Polícia Federal

180

135

36

9

Escrivão da Polícia Federal

80

60

16

4

Papiloscopista da PF

30

22

6

2

Perito Criminal da PF

60

44

12

4

Delegado da PF

150

112

30

8

 

A remuneração de cada cargo pode ser vista na tabela a seguir:

A remuneração de cada cargo pode ser vista na tabela a seguir:Cargos

Subsídio inicial

Subsídio final

Agente, Escrivão e Papiloscopista

R$11.983,26

R$17.848,60

Perito Criminal e Delegado

R$22.672,48

R$29.604,70

 

 

 

 

FONTE: JCConcursos - Fernando Cezar Alves

 

 


 


 

 COMENTÁRIOS
 

ATENÇÃO: Comentários ofensivos e que façam a apologia a crimes serão ocultados. O internauta do VILHENA NOTÍCIAS que se sentir ofendido pode requerer a ocultação do comentário. A Constituição Federal permite a publicação do livre pensamento de qualquer cidadão, desde que não seja de forma anônima, por isso, comentários provenientes de perfis "fake" ou "falsos" podem ser ocultados e bloqueados. Comente, compartilhe sua opinião, mas de forma moderada.