Notícia publicada às 15:11:06 - 07/06/2018 e lida: 1795 vezes   
    
  
  
Acusado de matar caminhoneiro a pedrada se entrega à polícia
O suspeito é acusado de homicídio doloso, quando há intenção de matar.

Acusado de matar caminhoneiro a pedrada se entrega à polícia
Acusado de matar caminhoneiro a pedrada se entrega à polícia
Foto: Divulgação/Polícia Civil

Por
Redação

Se entregou na Unisp no inicío da tarde desta quinta-feira (7), Willians Maciel Dias, de 32 anos, acusado pela Polícia Civil de Vilhena, de ter jogado a pedra que matou o caminhoneiro José Batistela, de 70 anos, na tarde de quarta-feira, 30 de maio, próximo a um dos pontos de bloqueio do movimento grevista dos caminhoneiros na cidade de Vilhena.

Contra o suspeito a Justiça já havia expedido um mandado de prisão e ele estava em status de foragido. O veículo usado no crime pertence a Willians, e foi apreendido no início da semana na casa do suspeito, no Setor 8 em Vilhena.

A reportagem do Vilhena Notícias acompanha o caso e fará uma entrevista ainda esta tarde com Núbio Lopes de Oliveira, delegado que investiga o crime. Além de Willians, que está sendo acusado de  homicídio doloso -  quando há intenção de matar - outros dois homens que não tiveram suas identidades reveladas, também são investigados por participação na morte.

 

Leia mais

Homem que jogou pedra contra para-brisa e matou caminhoneiro é identificado, diz polícia

 

 

FONTE: VILHENA NOTÍCIAS

 

 


 



 COMENTÁRIOS
 

ATENÇÃO: Comentários ofensivos e que façam a apologia a crimes serão ocultados. O internauta do VILHENA NOTÍCIAS que se sentir ofendido pode requerer a ocultação do comentário. A Constituição Federal permite a publicação do livre pensamento de qualquer cidadão, desde que não seja de forma anônima, por isso, comentários provenientes de perfis "fake" ou "falsos" podem ser ocultados e bloqueados. Comente, compartilhe sua opinião, mas de forma moderada.