Notícia publicada às 15:59:35 - 05/06/2018 e lida: 2014 vezes   
    
  
  
Confúcio enganou vilhenenses com asfalto que foi cancelado, diz Cassol
Senador orientou novo prefeito a buscar apoio da bancada federal

Confúcio enganou vilhenenses com asfalto que foi cancelado, diz Cassol
Confúcio enganou vilhenenses com asfalto que foi cancelado, diz Cassol
Foto: Assessoria

Por
Redação

O senador Ivo Cassol (Progressistas-RO) voltou a criticar a prática do ex-governador do Estado, Confúcio Moura (MDB-RO), que assinou convênios prevendo despesas para exercícios futuros, o que é irregular, segundo a legislação brasileira. Por conta disso, segundo Cassol, a população ficou sem o repasse de recursos que estavam previstos para a realização de várias obras em diversos municípios.

Foi o que aconteceu com Vilhena, que teve um convênio cancelado para a realização de pavimentação nas ruas da cidade. “Foi criada uma expectativa de que se iria fazer asfalto no bairro Cristo Rei. Ficaram todos a ver navios, é uma tristeza. Cancelaram o convênio, a culpa é da gestão anterior que assumiu o compromisso sem ter dinheiro, só para enganar a população”.

Cassol também alertou que duas empresas estão impossibilitadas de executar os projetos já licitados em Vilhena, impedidas de iniciar as obras porque não tem garantia de que vão receber o dinheiro do governo do Estado. O senador fez um apelo para que o novo prefeito de Vilhena, Eduardo Japonês (PV), possa construir um entendimento com a bancada federal para alavancar, ao menos alguns recursos para garantir o funcionamento da saúde no município.

Ao encerrar, o senador Ivo Cassol disse que está na expectativa de que o presidente da República, Michel Temer (MDB), sancione sem vetos a medida provisória que trata da transposição para os quadros da União dos servidores que trabalharam nos ex- territórios de Rondônia, Amapá e Roraima. “Vamos unir forças para que não ocorram vetos, que são difíceis de serem derrubados”, argumentou.

 

 

FONTE: Assessoria

 

 


 



 COMENTÁRIOS
 

ATENÇÃO: Comentários ofensivos e que façam a apologia a crimes serão ocultados. O internauta do VILHENA NOTÍCIAS que se sentir ofendido pode requerer a ocultação do comentário. A Constituição Federal permite a publicação do livre pensamento de qualquer cidadão, desde que não seja de forma anônima, por isso, comentários provenientes de perfis "fake" ou "falsos" podem ser ocultados e bloqueados. Comente, compartilhe sua opinião, mas de forma moderada.